Aos 27 anos, e três épocas depois de deixar o Benfica, Miguel Vítor está provavelmente a fazer a melhor época da sua carreira. O defesa-central, que após abandonar a Luz passou três épocas na Grécia ao serviço do PAOK, sempre como titular indiscutível, representa agora os israelitas do Hapoel Be’er-Sheva.

No campeonato local o seu clube ocupa a 2ª posição da Liga e Miguel Vítor marcou dois golos em cinco jogos, mas é na Liga Europa que o central tem brilhado, contra adversários fortes como Inter de Milão e Southampton. No primeiro jogo em San Siro, marcou um golo e foi MVP da partida com um GoalPoint Rating de 8.0, contra o Southampton foi o melhor da sua equipa registando um 6.8 e na terceira jornada, apesar da derrota caseira contra o Sparta de Praga, voltou a estar bem com um rating de 6.3.

De tudo ponderado, resulta que Miguel Vítor seja, à 3ª jornada, o defesa com melhor desempenho na Liga Europa.

#JogadorClubeDesarmesIntercepçõesAlívios% Duelos aéreos ganhosGP Rating
1M. VítorH. Be’er-Sheva1.72.79.3100%7.03
2CriscitoZenit3.03.32.750%6.93
3Théophile-CatherineSt Etienne2.55.53.030%6.77
4PerrinSt Etienne2.55.05.083%6.67
5YoshidaSouthampton0.72.77.375%6.51

Médias por 90 minutos
Fonte: GoalPoint.pt / Opta

De todos estes números, destaque sobretudo para a eficácia no jogo aéreo. Miguel Vítor venceu todos os 12 duelos que disputou pelo ar, algo impressionante para quem em Portugal era muitas vezes alvo de críticas por ser… demasiado baixo.

Mais do que os centímetros, os números que devem contar são outros, e Miguel Vítor tem-no vindo a provar. Ainda vai bem a tempo de dar o salto para um clube com outras ambições.