A sétima ronda da Liga NOS ditou os primeiros pontos perdidos pelo Sporting esta temporada. Talvez por isso não há qualquer jogador leonino no “onze” da jornada que terminou esta segunda-feira. Mas não é só a formação de Alvalade que contribui para a modesta presença dos “três grandes” nesta equipa semanal. Porto e Benfica colocam apenas dois atletas cada, sendo dois deles já habituais “clientes” e um que parece tomar-lhe agora o gosto.

De resto, começa a ser tradição haver uma forte presença de jogadores de emblemas que habitualmente não lutam pelo título em Portugal, em especial guarda-redes. Destaque também para o lateral-esquerdo do Sp. Braga, Nuno Sequeira (segunda nomeação consecutiva), que confirma as boas indicações dadas desde o início da temporada; para Cássio, que parece ser como o vinho do Porto; e Pedro Tiba, um médio de elevada rotação já presença notada noutras ocasiões.

Sp. Braga e Belenenses surgem em foco, equipas que também contribuíram com dois atletas. Aqui fica a nossa equipa da sétima jornada da Liga NOS, com base no GoalPoint Ratings.

GoalPoint-onze--Liga-NOS-201718-J7-infog
Clique para ampliar


Cássio (Rio Ave)
6.4 – Primeira presença do guardião brasileiro esta temporada nas equipas semanais. O nulo do Rio Ave na Vila das Aves muito a ele se deve, pois realizou quatro defesas, três delas a remates dentro da área, e registou duas saídas pelo solo.

André Almeida (Benfica) 7.0 – O lateral benfiquista ocupou o lugar na quinta jornada, e volta a fazê-lo agora. Frente ao Paços de Ferreira, o português fez quatro passes para finalização, acertou duas de cinco tentativas de drible e somou ainda quatro desarmes. Está a ganhar confiança.

Rosic (Sp. Braga) 6.6 – O central do Braga teve oito acções defensivas, entre desarmes (3), intercepções (2) e alívios (3), na vitória minhota em Tondela. E fez ainda dois passes para finalização e falhou somente duas de 62 entregas.

Marcano (FC Porto) 6.5 – Cada vez mais um pilar da coesão defensiva do Porto. Mas desta feita nem foi por aí que o espanhol brilhou frente ao Portimonense. Ganhou quatro de seis duelos aéreos, é certo, mas voltou a marcar, aquele que foi o seu segundo golo nesta Liga.

Sequeira (Sp. Braga) 7.1 – O lateral “arsenalista” está em grande forma. Esteve sólido a defender ante o D. Aves, com quatro alívios, outras tantas intercepções e dois desarmes, ganhou todos os quatro duelos aéreos e foi lá à frente fazer dois passes para finalização. Foi a sua segunda presença consecutiva no “onze” da jornada.

Pedro Tiba (Chaves) 7.0 – Na época passada visitou este “onze”, nos bons períodos do Chaves, e estreia-se esta temporada à sétima jornada. O Chaves foi ganhar 2-0 ao Estoril e Tiba fez as assistências para os dois tentos. Realizou ainda três desarmes e recuperou a bola nove vezes. Excelente exibição.

André Sousa (Belenenses) 8.0 – Jornada em cheio para o médio dos “azuis” do Restelo. O Belenenses goleou o Feirense e Sousa bisou, sendo um dos seus tentos num pontapé acrobático. Somou ainda quatro passes para finalização (máximo da ronda) e fez dois desarmes. Pecou na eficácia de passe (50%).

Héldon (Vitória Guimarães) 7.8 No reencontro com uma das suas antigas equipas, o cabo-verdiano marcou por uma vez e foi o melhor em campo, no triunfo minhoto ante o Marítimo. Fez ainda a assistência para o outro golo da sua equipa, registou quatro remates, dois enquadrados, criou duas ocasiões flagrantes de golo e teve três cruzamentos eficazes em 11. E ainda foi o jogador mais castigado da ronda, com seis faltas sofridas.

Brahimi (FC Porto) 9.6 – O melhor jogador da semana. O argelino esteve em grande na goleada portista ao Portimonense, com dois golos em quatro remates (todos enquadrados), oito dribles eficazes em nove tentativas (máximo da jornada), três intercepções e nove recuperações de posse. Esteve perto da “perfeição”.

Jonas (Benfica) 7.5 – O outro repetente em relação à jornada passada. Jonas fez o 2-0 para o Benfica ante o Paços, o seu oitavo golo na Liga NOS, e esteve em destaque pelo muito que fez. Igualou o recorde de remates num só jogo esta época, nove – Aboubakar conseguiu-o na primeira jornada -, e enquadrou três desses disparos.

Maurides (Belenenses) 7.4 – Um lutador na frente de ataque do Belenenses. Marcou um golo ao Feirense, em quatro remates (três enquadrados), fez uma assistência, disputou 30 duelos (ganhou 13), sendo 20 deles aéreos, os quais venceu nove, o recorde desta jornada. Números de respeito.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-7-LIGA-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 7ª jornada da Liga NOS 17/18, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na nova tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J7STATGPRMVP
5-2
0-2
1-1
2-0
2-1
1-4
1-2
0-0
1-1