Para muita gente menos atenta aos números, Maurides é conhecido como o “ponta-de-lança irmão de Maicon”. Se nada disso é mentira, a verdade é que está na hora de lhe começarem a ser colados rótulos mais… meritórios.

Quem segue os nossos habituais “tops da jornada” já está habituado a ver o brasileiro do Belenenses como líder na categoria de duelos aéreos ganhos. Na verdade, Maurides foi “vencedor” desta categoria nas últimas cinco jornadas, o que, somando à segunda e à quarta jornadas, faz com que o brasileiro tenha sido o jogador com mais duelos aéreos ganhos em sete das dez jornadas já disputadas, e em sete das oito em que foi titular.

Está óbvio que este é um recurso do qual Domingos Paciência tem usado e abusado, e os resultados não se pode dizer que estejam a ser maus. Maurides ainda só marcou um golo, mas o habitual “chuveirinho” que recebe desde trás de maneira a “esticar” a equipa tem resultado em benefício da equipa. A média de duelos aéreos ofensivos que Maurides disputa a cada jogo situa-se nos 10,8, vencendo 70,2% dos mesmos, um número absolutamente estrondoso e quase sem paralelo a nível europeu.

#JogadorClubeDisputadosGanhosEficácia
1Christian BentekeCrystal Palace14,98,053,5%
2MauridesBelenenses10,87,670,2%
3Yussuf PoulsenRB Leipzig9,06,673,6%
4Sébastien HallerEintracht Frankfurt10,65,451,3%
5Leonardo PavolettiCagliari9,55,457,1%

DUELOS AÉREOS OFENSIVOS
*Mínimo de 460 minutos jogados nas ligas Top-5 + Liga NOS

Só um jogador em toda a Europa ganha mais duelos aéreos ofensivos por jogo do que Maurides: Christian Benteke, um crónico vencedor deste ranking, e o brasileiro só é superado em eficácia pelo gigante dinamarquês Yussuf Poulsen.

GoalPoint-Preview-Jornada11-Porto-Belenenses-LIGA-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

Numa semana em que o Belenenses se desloca ao Estádio do Dragão para defrontar um FC Porto em boa forma, será curioso perceber que partido Domingos Paciência conseguirá tirar do seu ponta-de-lança. A dupla de centrais que Maurides vai encontrar é também das mais fortes do campeonato: Felipe (78%) e Marcano (85%) têm uma eficácia nos duelos aéreos defensivos bastante interessante, mas é possível que o brasileiro também “choque” muitas vezes com a escolha de Sérgio Conceição para o lugar de Danilo, que está suspenso. Se for Herrera (44%), é provável que Maurides lhe chame “um figo”, e que haja espaço para o Belenenses criar perigo na exploração das “segundas bolas”.

PARTILHAR
GoalPoint
A equipa GoalPoint procura trazer-lhe a melhor análise, estatística e opinião sobre o futebol português e internacional.