A Liga NOS vai já na oitava jornada e são vários os jogadores que, semana a semana, têm mostrado qualidade individual e peso no desempenho global das suas equipas. É certo que no futebol de hoje em dia são raras as equipas que apostam no “produto nacional”. Mas ele existe e é de qualidade.

Na paragem para as selecções, e após destacarmos os “onzes” da jornada e também os melhores do mês de Setembro, este é um bom momento de olharmos para os jogadores portugueses e para o seu GoalPoint Ratings. E montámos uma equipa 100% lusa, com algumas curiosidades pelo meio, a começar pelos clubes. Os “três grandes” são representados apenas por quatro atletas, dois do Sporting, um do Benfica e outro do Porto. O grande fornecedor de talento é mesmo o Sp. Braga. Os minhotos contribuem com quatro atletas portugueses, fruto, claro está, da excelente forma que atravessam.

Outra curiosidade é o facto de esta equipa ser dominada por Fernandes. É verdade. Esta verdadeira “Quinta dos Fernandes” tem cinco jogadores com este apelido. A saber: Vasco, Rúben, Bruno, João Paulo (Paulinho) e Luís Miguel (Pizzi). E esta?

Esta escolha recai apenas em jogadores com mais de 360 minutos disputados até ao momento na Liga NOS.

GoalPoint-Onze-portugueses-Liga-NOS-201718-J8-infog
Clique para ampliar

 

Ricardo Nunes (Chaves) 6.36 – Três presenças nos “onzes” da jornada, em oito possíveis, é o melhor “cartão de visita” para Ricardo. O guarda-redes do Chaves é o português das balizas com mais defesas a cada 90 minutos (3,8), o segundo a nível global.

Ricardo Esgaio (Sp. Braga) 6.54 – O jogador do Braga aproveitou da melhor forma a aposta que os minhotos fizeram nele e é, neste momento, o futebolista da Liga NOS com mais assistências, cinco (42% dos passes para golo somados pelos “guerreiros”), todas elas de bola corrida. De entre os jogadores da mesma posição é aquele que soma mais passes para finalização (1,97 por 90 mins), e o que regista mais desarmes completos (2,7).

Vasco Fernandes (Vitória Setúbal) 5.81 – Se é verdade que o Vitória de Setúbal é a única equipa ainda sem qualquer jogador de campo nos “onzes” da jornada, o desempenho de Vasco Fernandes justifica a sua presença neste lote, assim como já tinha sucedido no “onze” de Setembro. O sadino é o central com mais recuperações na Liga por 90 minutos (2,2), o português da posição com mais passes para finalização (3), todos de bola corrida, mais desarmes (2,5), o segundo com mais passes (47,4) e o que regista mais recuperações de bola (7,4).

Rúben Fernandes (Portimonense) 5.79 – O segundo Fernandes da equipa. O central do Portimonense já leva três golos na Liga e é o jogador da posição com mais tentos, de todas as nacionalidades. Ganhou 77% dos duelos aéreos defensivos, sendo o terceiro melhor central português neste detalhe.

Nuno Sequeira (Sp. Braga) 6.20 – O lateral-esquerdo esteve sempre em destaque no Nacional na época passada, e continua a mostrar o porquê de o Sporting de Braga o ter contratado. Integrou dois “onzes” da jornada, à sexta e sétima, e é neste momento o segundo defesa-esquerdo com mais acções com bola, 83 a cada 90 minutos, apenas atrás do benfiquista Grimaldo. Conta já com uma assistência e sete passes para finalização e regista uma média por 90 minutos de 3,3 duelos defensivos aéreos, os quais venceu 92%.

Danilo Pereira (Porto) 6.10 – A consistência de Danilo é à prova de crítica. O “trinco” portista tem uma percentagem de 89% de passes certos e mostra números elevados na maioria dos parâmetros para a sua posição: 2,4 desarmes por 90 minutos, 1,4 intercepções, 1,9 alívios, 2,7 duelos defensivos, dos quais 76% ganhos, 7,1 recuperações de posse.

Pizzi (Benfica) 6.57 – Está em má forma, dizem. As últimas exibições parecem confirmar essa ideia e o médio falhou a presença nas últimas três equipas da jornada, o que quem nos segue sabe ser raro. Porém, suportado por umas primeiras cinco jornadas em bom plano, o terceiro “Fernandes” desta equipa ainda assume protagonismo: médio com mais acções com bola (97,5 por 90 minutos), segundo com mais ocasiões flagrantes criadas (0,7), segundo com mais passes para finalização (2,7, sendo 2,3 na área contrária), 8,5 recuperações de posse. E isto entre todas as nacionalidades. Nada mau, apesar de tudo.

Bruno Fernandes (Sporting) 7.06 De longe o melhor português da Liga até ao momento e o único a passar a barreira dos 7.0. O quarto “Fernandes” da equipa soma cinco golos, quatro de remates de fora da área, e é o melhor marcador português em prova. Tem ainda um excelente registo de 2,1 passes para finalização a cada 90 minutos, 1,8 na grande área, apenas atrás de Pizzi, e soma uma média de 2,5 desarmes e 4,1 recuperações de posse. Para quem diz que não sabe defender…

Gelson Martins (Sporting) 6.11 – Três golos e uma assistência é, até ao momento, o registo de Gelson Martins na Liga. O extremo é o segundo português da sua posição no que toca a passes para finalização de bola corrida (1,2 por 90 minutos), e é o que mais dribles tenta (5,3) e o segundo com mais eficácia (2,0, ou seja, 38%).

Ricardo Horta (Sp. Braga) 6.12 – O jogador do Sporting de Braga estreou-se nas equipas da jornada na oitava ronda, e foi logo o melhor. Soma dois golos na Liga NOS e regista cinco passes para finalização, em seis partidas, e é entre os portugueses na sua posição o segundo com mais remates enquadrados, 1,2 a cada 90 minutos. É ainda o quinto luso com mais recuperações de bola na sua posição, 4,7. Boa época.

Paulinho (Sp. Braga) 5.60 – O quinto “Fernandes” da equipa, o quarto jogador do Braga. O ponta-de-lança soma apenas um golo, é certo, mas entre os portugueses é o que possui melhor percentagem de remates colocados enquadrados (66,7%) e é o segundo com melhor eficácia de passe (83%). Regista ainda três recuperações de posse por 90 minutos.

Conheça também os jogadores que melhores desempenhos tiveram na 8ª jornada da Liga NOS, bem como o Melhor Jogador e o “Onze” do Mês de Setembro.

Confira, igualmente, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J8STATGPRMVP
1-1
3-2
2-2
1-0
2-1
6-0
0-0
1-0
1-1