O Natal parece ter trazido alguma paz aos treinadores. Em Janeiro houve poucas “chicotadas” em ambas as Ligas e o RTG revelou um feito inédito: o mesmo “mister” premiado como Treinador do Mês em duas Ligas diferentes, na mesma época.

Liga NOS: Funchal diz “olá” à Europa

Daniel Ramos foi o melhor treinador no mês de Janeiro. A parte inédita é que, o agora treinador do Marítimo, já tinha sido treinador do mês em Agosto, quando treinava o Santa Clara, na Segunda Liga. É a confirmação do melhor treinador da época em Portugal neste momento, que já acumulou mais de 3.000 pontos RTG se somarmos ambas as provas, e que em Janeiro só perdeu um jogo, com o Braga, para a Taça da Liga.

Augusto Inácio, vencedor da Taça da Liga contra todas as probabilidades, ficou a apenas 55 pontos de Daniel Ramos, e foi “prejudicado” pelo baixo coeficiente de importância desta competição. Ainda assim, foi um Janeiro épico para Inácio, que somou quatro vitórias e apenas uma derrota, com o Porto.

José Couceiro, que voltou a fazer tropeçar o Benfica, ficou em terceiro e ascendeu também ao terceiro lugar da classificação geral.

RTG-Janeiro-2017-PrimeiraLiga-Classificao
Clique para ampliar

A grande desilusão de Janeiro é sem dúvida Pedro Carmona. O técnico espanhol já leva seis derrotas nos primeiros seis jogos que fez na Liga NOS, algo inédito em tempos recentes. Uma troca que, claramente, não resultou, visto que Fabiano Soares até abandonou o cargo com pontuação positiva.

Na próxima página: o melhor da LedMan LigaPro e o “quadro de honra”