Outubro volta a consagrar aquele que já é, sem qualquer dúvida, um dos melhores treinadores portugueses da actualidade. Pedro Martins já tinha ficado no pódio dos melhores do ano na época passada, em sexto nos melhores treinadores da última década, e agora volta a vencer um mês que já tinha ganho em 2015, assim como a liderar a classificação geral.

Liga NOS: 20 minutos que fizeram a diferença

À entrada para o mês de Outubro, Pedro Martins já não estava a fazer uma má época. O seu Vitória estava no mesmo quinto lugar que agora ocupa, e também na classificação geral do RTG o técnico de Santa Maria da Feira ocupava semelhante posição. Difícil de esperar era que num mês complicado, com deslocações ao Estoril e a Vila do Conde, e que começava com uma recepção ao Sporting, Pedro Martins estivesse agora no topo da tabela. O impulso foram 20 minutos contra o Sporting que mudaram tudo, nesse jogo e no moral que deram para o que vinha a seguir. O Vitória de Guimarães acabaria por ganhar todos os jogos subsequentes, e Pedro Martins sagra-se assim o melhor treinador de Outubro, com a segunda melhor pontuação da época na Liga NOS.

Em segundo lugar ficou Rui Vitória. Entre Liga NOS, Champions League e Taça de Portugal, o registo foi 100% vitorioso, com apenas um golo sofrido, curiosamente contra o 1º Dezembro. Novembro adivinha-se mais difícil, com dois jogos decisivos na Champions League e uma deslocação ao Dragão, mas neste momento Rui Vitória é o único treinador dos três grandes com avaliação positiva.

Avaliação positiva tem também José Peseiro. Terceiro lugar no mês, na geral, e agora também na Liga NOS, após ter ultrapassado o Sporting na última jornada. O treinador do Braga não perdeu nenhum jogo em Outubro e é agora o primeiro treinador a repetir um pódio no RTG, visto que já tinha figurado em Agosto.

Clique para ampliar

O destaque pela negativa vai obrigatoriamente para Jorge Jesus, que perdeu quase 800 pontos e 15 lugares na tabela neste mês de Outubro, e só tem agora dois treinadores atrás de si, um deles já “dispensado”. Jorge Jesus é ainda o treinador com a menor percentagem de resultados positivos (15%), referente às vitórias contra FC Porto e Paços de Ferreira.

Na próxima página: o melhor da LedMan LigaPro e o “quadro de honra”