O mês de Setembro marcou o regresso das competições europeias, com prestações bem diferentes dos treinadores envolvidos. No entanto na Liga NOS o prémio de Melhor Treinador do Mês GoalPoint vai para um estreante que já tinha estado bem na Liga Ledman Pro na época passada.

Liga NOS: A invencibilidade dá pontos

No principal campeonato o melhor treinador do mês foi Carlos Pinto. O treinador pacense foi o único treinador da Liga NOS a não perder nenhum jogo em Setembro e tal feito traduziu-se em pontos RTG, garantindo a vitória quando na última jornada venceu o Rio Ave de Nuno Capucho que ía lançando para levar “a taça”.

Carlos Pinto já havia sido o 5º classificado da Ledman LigaPro na época passada, tendo arrecadado o prémio do melhor do mês em Abril, mês em que o melhor na Liga NOS tinha sido Jorge Simão, o seu antecessor no Paços de Ferreira.

Curiosamente foi Jorge Simão quem garantiu a segunda posição neste mês de Setembro. Depois de um início de campeonato extremamente positivo em que só foi batido pelo campeão Benfica, o jovem técnico, agora no Chaves, consolidou um excelente 2º lugar na classificação geral.

Em terceiro lugar ficou o já referido Nuno Capucho. Após uma grande vitória contra o Sporting que lhe valeu 339 pontos, o também estreante treinador do Rio Ave perdeu a hipótese de vencer o RTG de Setembro ao perder com o Paços de Ferreira, num jogo em que era considerado favorito pelas casas de apostas. Ainda assim, mês positivo para Nuno Capucho, que lidera agora a classificação geral.

rtg-setembro-2016-primeiraliga-classificao
Clique para ampliar

Destaque pela negativa para Paulo César Gusmão, que não resistiu aos maus resultados e foi substituído no comando do Marítimo pelo vencedor do prémio RTG Ledman LigaPro em Agosto, Daniel Ramos.

Na próxima página: o melhor da LedMan LigaPro e o “quadro de honra”