Depois de, em Agosto, o prémio de melhor do mês ter ido para o rookie Miguel Cardoso, em Setembro foi a vez de brilhar o menos experiente treinador da Primeira Liga, a seguir ao técnico do Rio Ave. Ao fim de apenas 12 jogos na Liga NOS, Abel Ferreira tem direito a um prémio de treinador do mês.

Liga NOS: Maior surpresa da época deu prémio

Apesar do premiarmos o melhor treinador da Liga NOS, grande parte dos méritos de Abel Ferreira este mês foram conseguidos em jogos europeus. A vitória no terreno do Hoffenheim, na abertura da Liga Europa, foi mesmo a maior surpresa da época até ao momento, com Abel a conseguir derrotar os 10% de probabilidade de vitória que lhe eram atribuídos nesse jogo. Internamente, as coisas também não correram mal, com vitórias em Tondela e no dérbi do Minho, e ainda com um empate na deslocação à Luz para a Taça da Liga. Abel Ferreira foi o melhor treinador do mês de Setembro.

Curiosamente, em segundo lugar aparece um treinador que fez apenas dois jogos, e que tinha sido o antecessor de Abel Ferreira no Braga. Chamado a substituir Miguel Leal, Jorge Simão teve a coragem de assumir o comando da equipa numa difícil recepção ao Benfica e… venceu. Seguiu-se uma deslocação a Setúbal de onde trouxe um empate, o suficiente para conquistar este segundo lugar no pódio mensal.

No terceiro lugar aparece Luís Castro, que depois de um início de campeonato difícil, tem conseguido dar à volta à situação nos últimos jogos. A vitória na Amoreira sobre o Estoril foi uma das grandes surpresas do mês.

RTG-Setembro-2017-PrimeiraLiga-Classificao
Clique para ampliar

Os destaques negativos do mês vão para dois técnicos da zona de Lisboa. Pedro Emanuel perdeu os quatro jogos que fez em Setembro e registou 893 pontos negativos, enquanto Rui Vitória também teve vários percalços, vencendo apenas dois dos seis jogos que disputou, e em casa contra Portimonense e Paços de Ferreira.

Na próxima página: o melhor da LedMan LigaPro e o “quadro de honra”