AFrança bateu hoje a Islândia por 5-2 no jogo com mais golos neste Europeu. A equipa gaulesa foi demasiado forte para o aguerrido conjunto islandês que se despede assim de um Euro 2016 inesquecível por aquelas bandas.

Eficácia francesa 

A equipa da casa estudou bem o adversário e isso foi bem visível no primeiro tempo. Os gauleses souberam neutralizar as principais armas dos “nórdicos”: os lançamentos laterais longos de Aaron Gunnarsson, que tantos danos causaram a portugueses e ingleses, foram sempre neutralizados. A equipa de Deschamps apostou na troca rápida de bola, em oposição ao jogo físico islandês e soube aproveitar os erros defensivos dos nórdicos, e de que forma…

Em sete remates efectuados no primeiro tempo (cinco deles enquadrados com a baliza), os “bleus” conseguiram amealhar quatro golos sem resposta. Em 45 minutos, os golos de Giroud, Pogba, Payet e Griezmann decidiram a partida, mesmo que, para o segundo tempo, estivesse guardada uma última demonstração de “fibra” islandesa.

Os “vikings” nunca desistem

Talvez já a pensar na meia final contra a Alemanha, a França entrou na segunda parte em ritmo de gestão. Já os nórdicos continuaram a jogar como se o resultado estivesse em 1-0 e Kolbeinn Sigthorsson aproveitou e marcou o primeiro tento islandês. Crescia uma réstia de esperança nos 330 mil habitantes islandeses…

A França recompôs-se e de pronto com Giroud a responder na mesma moeda e bisando na partida. Em poucos instantes a diferença estava reposta.

Uma segunda parte que se esperava pausada e controlada pelas hostes francesas foi assim rejeitada em prol do bom futebol de ataque e dos golos que tanta falta têm feito neste Europeu.

O jogo não terminaria pois, antes do sétimo e último tento da noite, que serviria para engrandecer ainda mais o feito da Islândia neste Euro 2016. Birkir Bjarnason fazia o segundo golo islandês e o seu segundo no torneio (o primeiro sabemos nós muito bem contra quem foi).

Segundo o GoalPoint Ratings Olivier Giroud foi o melhor em campo com 8.3. Destaque óbvios para os dois golos, uma assistênciadois passes para ocasião… isto tudo em apenas 18 toques na bola! O francês ainda somou quatro desarmes e venceu 10 dos 12 duelos que travou, o que tendo em conta o adversário… é obra.

Factos Estatísticos GoalPoint:

  • Samuel Umtiti é o primeiro jogador de campo francês a estrear-se como internacional numa fase final de uma grande competição, desde Gabriel de Michele em 1966.
  • Pela primeira vez neste Euro 2016, a França marcou na primeira parte.
  • Giroud marcou dez golos nos últimos nove jogos que disputou de início pela França
  • Desde Junho de 2000, na vitória da Holanda sobre a Jugoslávia por 6-1, que não assistíamos a sete golos em provas do campeonato europeu.
  • A França é a primeira equipa a chegar ao intervalo a vencer por quatro golos de diferença, na História do torneio.

A França é a ultima semi-finalista a ser apurada e irá agora defrontar a Alemanha, na próxima quinta-feira dia sete de Julho.

GoalPoint | França vs Islândia | Ratings | Euro 2016
Clique para ampliar

GoalPoint | França vs Islândia | Olivier Giroud | Euro 2016
Clique para ampliar

GoalPoint | França vs Islândia | 1 Parte | Euro 2016
Clique para ampliar
GoalPoint | França vs Islândia | 2 Parte | Euro 2016
Clique para ampliar