ALiga dos Campeões não está a correr muito bem para as equipas portuguesas. No total de seis jogos, apenas duas vitórias, uma para o FC Porto, outra para o Sporting. E na terceira jornada, mais três desaires. Por isso não espanta que, uma vez mais, não haja jogadores de equipas lusas no nosso “onze” GoalPoint Ratings da ronda. Nem qualquer jogador português. Nesta ronda são quatro as equipas que dominam o melhor elenco.

Liverpool, Barcelona, Chelsea e Bayern colocam dois jogadores cada nesta equipa. Entre os escolhidos, nenhum soma um rating inferior a 7.0, e há quatro acima de 8.0, incluindo um 10.0. Esta foi a primeira nota “perfeita” desta fase de grupos da Liga dos Campeões 2017/18, e é pertença de Philippe Coutinho. O brasileiro esteve imparável na goleada do Liverpool por 7-0 na visita ao Maribor. Aliás, o segundo melhor desta ronda também é jogador dos “reds”, Mohamed Salah.

Confira os “onze” melhores da terceira jornada da Liga dos Campeões 2017/18.

GoalPoint-Onze-Champions-League-201718-J3-infog
Clique para ampliar

Hugo Lloris (Tottenham) 8.1 – Os “spurs” arrancaram um importante e, para muitos, improvável empate 1-1 na casa do Real Madrid, e muito podem agradecer a Lloris esse facto. Os “merengues” enquadraram oito remates e o francês realizou sete defesas, quatro a remates dentro da área.

Joshua Kimmich (Bayern) 7.3 – O pequeno lateral alemão continua a dar razão a quem o considera um digno sucessor de Lahm. Kimmich marcou um dos três golos bávaros, criou uma ocasião flagrante em três passes para finalização e terminou com 93% de passes certos.

Sokratis (Dortmund) 7.6 – Uma das surpresas da jornada foi o empate do Dortmund 1-1 na casa do APOEL, e o central grego foi o melhor dos alemães. O defesa marcou o golo da sua equipa, ganhou quatro de cinco duelos aéreos, fez três intercepções e ainda ganhou quatro faltas.

Mats Hummels (Bayern) 7.2 – O segundo jogador do Bayern. Hummels fez também um dos golos bávaros, em dois remates, e terminou ainda com um passe para finalização. Somou 93 interacções com bola, ganhou oito de 12 duelos (seis de nove aéreos) e registou 13 recuperações. Uma exibição completa.

Lucas Digne (Barcelona) 7.0 – As presenças do Barcelona neste “onze” costumam ser mais ofensivas. Mas desta feita surge um defesa-esquerdo. Digne fez um dos golos do triunfo catalão sobre o Olympiacos, um passe para finalização e, na defesa, recuperou oito vezes a bola e somou cinco acções defensivas.

David Luiz (Chelsea) 7.4 – Defesa-central de origem, o ex-benfiquista jogou, desta feita, no meio-campo, e brilhou a grande altura. Fez um golo (e que golo) em dois remates, teve sucesso nas duas tentativas de drible, ganhou dez de 18 duelos e ainda somou sete desarmes.

Taulant Xhaka (Basileia) 7.4 – O Basileia está em grande forma nesta Liga dos Campeões e, após a goleada ao Benfica, os suíços foram vencer a Moscovo por 2-0. Xhaka foi o melhor em campo, com um golo e uma assistência no registo. O médio terminou ainda com incríveis 95% de passes certos, completou três de cinco dribles e ainda recuperou oito vezes a posse de bola.

Mohamed Salah (Liverpool) 8.6 – O segundo melhor da noite. Foi contra o Maribor, é certo, mas o egípcio está em grande forma em todas as competições, incluindo pela selecção. Na terça-feira, rematou cinco vezes, quatro enquadradas, e fez dois golos e uma assistência – em dois passes para finalização. Somou só 48 interacções com bola, mas o suficiente para a colocar nove vezes na grande área contrária.

Philippe Coutinho (Liverpool) 10.0 – O grande jogador da jornada. O criativo brasileiro rematou seis vezes, quatro enquadradas e marcou um golo. Mas registou também duas assistências em seis passes para finalização, teve sucesso em seis de oito tentativas de drible, interagiu 105 vezes com a bola e colocou-a 12 vezes na área contrária E ainda recuperou nove vezes a bola. Incrível!

Lionel Messi (Barcelona) 8.1 – Segunda presença do “mágico” argentino em três jornadas. Ante o Olympiacos, foi o melhor em campo. O criativo fez um golo em sete remates (três enquadrados), registou uma assistência em cinco passes para finalização e teve sucesso em três de cinco tentativas de drible. “Business as usual” para os lados de Camp Nou.

Eden Hazard (Chelsea) 7.9 – Grande jogo em Stamford Bridge, com um empate 3-3 entre Chelsea e Roma. O belga esteve endiabrado e bisou no encontro, em três remates, e registou cinco passes para finalização. Uma bela partida.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-3-Champions-League-201718-infog

São estes os melhores da 3ª jornada da Liga dos Campeões 17/18, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro das principais competições! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

UCL 17/18 J3STATGPRMVP
2-1
1-2
5-1
0-7
1-2
3-2
1-1
1-1
0-0
0-1
2-1
0-2
3-3
3-0
0-4
3-1