GoalPoint-Bosnia-Bélgica-QL-MUNDIAL-2018-Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint-Bosnia-Bélgica-QL-MUNDIAL-2018-MVP
Clique para ampliar
GoalPoint-Bosnia-Bélgica-QL-MUNDIAL-2018-90m
Clique para ampliar

O Grupo H de qualificação para o Mundial 2018 já tem um vencedor, a Bélgica, que está apurada, e este sábado venceu no terreno da Bósnia e Herzegovina por emocionantes 4-3. Os golos belgas foram apontados por Meunier, Batshuayi, Vertonghen e Carrasco. Mas um dos factos mais relevantes foi mesmo a quantidade de ocasiões flagrantes criadas e desperdiçadas.

GoalPoint-Bosnia-Bélgica-QL-MUNDIAL-2018-MVP
Clique para ampliar

A Bélgica criou 11 oportunidades claras de golo e um só jogador desperdiçou cinco (!). O autor desta proeza foi o avançado do Chelsea, Michy Batshuayi. É certo que marcou um golo, rematou seis vezes, três enquadradas, e o guardião bósnio, Begovic, fez seis defesas. Mas foram precisamente estes números “decentes” que “salvaram” o GoalPoint Rating de Batshuayi – terminou com 3.1. Noutras circunstâncias teria registado um rating bem mais baixo, a exemplo do que aconteceu com Karim Benzema num recente Real Madrid – Valência. É que Batshuayi já leva seis ocasiões flagrantes desperdiçadas, e num só jogo registou tantas como os até agora líderes deste recorde pouco respeitável na qualificação para o Mundial: Lukaku e Griezmann.

GoalPoint-T-shirts-2017-banner