“Pode ser que seja do cansaço”. Uma frase que ficou famosa ao ser proferida por Marco Borges no Big Brother de 2000 e que assenta que nem uma luva aqui também. Pela segunda semana consecutiva não houve nenhum jogador a atingir sequer um GoalPoint Rating igual ou superior a 9.0, mas vamos, ainda assim, conhecer os melhores nestes últimos três dias.

 

MARCO ASENSIO (Real Madrid) 8.8

GoalPoint-Real Madrid-Las Palmas-Spanish-La-Liga-201718-MVP
Clique para ampliar

Após o descalabro que foi a deslocação a Wembley para defrontar o Tottenham, Zinédine Zidane resolveu voltar a dar a titularidade a Marcos Asensio, e não se deu mal com a opção.

O espanhol marcou o segundo golo com um “tiraço” à entrada da área, falhou apenas três dos 68 passes que tentou e não falhou nem uma das suas três tentativas de drible. Para complementar ainda fez três desarmes (só Casemiro fez mais).

 

MORGAN SANSON (Marseille) 8.7

GoalPoint-Marseille-Caen-French-Ligue-1-201718-MVP
Clique para ampliar

Contratado em Janeiro ao Montpellier, Morgan Sanson tem intercalado o banco com a titularidade esta época, e teve no passado domingo o seu momento mais alto da temporada.

Numa goleada em que Mitroglou também “molhou a sopa” e somou oito remates, Sanson marcou o terceiro golo dos da casa e foi sempre o maior desequilibrador, criando cinco ocasiões de remate e concretizando seis das suas nove tentativas de drible.

 

KYLIAN MBAPPÉ (Paris SG) 8.7

GoalPoint-Angers-Paris SG-French-Ligue-1-201718-MVP
Clique para ampliar

Não há Neymar? Há Mbappé. O prodígio francês terá feito no sábado, em Angers, um dos seus melhores jogos com a camisola dos parisienses.

Com dois golos (o primeiro e o último) e uma assistência, o jovem avançado teve participação directa em 60% dos tentos da sua equipa, somando ainda mais três remates, um deles enquadrado e um outro bloqueado. Venenoso nos cruzamentos, acertou três dos cinco que tentou.

 

KEVIN DE BRUYNE (Manchester City) 8.6

GoalPoint-Man City-Arsenal-English-Premier-League-201718-MVP
Clique para ampliar

Num dos jogos mais aguardados do fim-de-semana, o centro-campista belga deu um autêntico recital de bom futebol e foi destacadamente a figura em campo.

Para além de ter sido o autor do golo que inaugurou o marcador, De Bruyne foi o homem que mais tentou driblar (cinco tentativas, acertando todas) e aquele que mais ocasiões de remate criou. Nos desarmes (cinco), só foi superado por Fernandinho (seis). Está um jogador completo.

 

ALMAMY TOURÉ (Monaco) 8.6

GoalPoint-Monaco-Guingamp-French-Ligue-1-201718-MVP
Clique para ampliar

Para completar o trio de goleadas da liga francesa aparece o lateral-direito de Leonardo Jardim, Almamy Touré. O jovem francês, de 21 anos, já não era titular há algum tempo, mas, depois do que fez no sábado, vai ser difícil para Jardim tirá-lo do onze.

Um “hat-trick” de assistências, ao qual ainda somou mais uma ocasião criada, 100% de eficácia nos três dribles que tentou e o melhor registo em desarmes (quatro) e recuperações de posse (sete). Jogo fantástico do miúdo.

 

QUADRO RESUMO:

GoalPoint-Tops-ot-EuroTops-Round-171106-infog
Clique para ampliar