Argentina 3 – Brasil 1. É este o score entre craques que já conseguiram a nota máxima no futebol europeu esta época. Esta semana, “Kun” Agüero juntou-se a Messi e Dybala e conseguiu mais um 10.0 para os argentinos.

Numa altura em que o país das Pampas está em sérias dificuldades para se qualificar para o Mundial, este trio vai mostrando excelente forma, e seria uma “tragédia” futebolística que nenhum deles viajasse para a Rússia no próximo Verão.

 

SERGIO AGÜERO (Manchester City) 10.0

GoalPoint-Watford-Man City-English-Premier-League-201718-MVP
Clique para ampliar

Já passaram três dias e, provavelmente, Marco Silva ainda tem pesadelos com ele. Na grande goleada da jornada na Premier League, foi o argentino a sobressair entre os demais, com três golos e uma assistência.

Ameaça constante à baliza de Gomes, fez jus à camisola que veste e conseguiu a nota máxima, graças não só ao envolvimento nos golos, mas também a mais cinco remates e duas ocasiões de remate criadas. Fez muito, e quase tudo bem.

 

JOSHUA KIMMICH (Bayern Munique) 8.9

GoalPoint-Bayern-Mainz-German-Bundesliga-201718-MVP
Clique para ampliar

Não é comum ver laterais neste “top”, mas Joshua Kimmich é já um dos melhores do mundo na sua posição, mostrando semana após semana que Philipp Lahm tem sucessor à altura.

Na goleada do Bayern ao Mainz, Kimmich fez a assistência para três dos quatro golos, e ainda criou mais cinco ocasiões em que os remates não acabaram dentro da baliza (um total de oito, portanto). Até este fim-de-semana, o máximo de passes para finalização num jogo da Bundesliga era cinco, e Kimmich dizimou esse registo.

 

EDIN DZEKO (Roma) 8.5

GoalPoint-Roma-Verona-Italian-Serie-A-201718-MVP
Clique para ampliar

Um dos grandes goleadores de 2016/17, Ediz Dzeko ainda não tinha “arrancado” verdadeiramente os motores para a novo época… até ao passado sábado. Podem ter sido “apenas” dois golos mas, com dez remates, o bósnio bateu o recorde de disparos num jogo da Serie A 17/18 e foi ameaça constante para o guarda-redes do Verona.

Para além disso, Dzeko ainda foi 100% eficaz no drible e nos duelos aéreos, criando até três ocasiões de remate. Grande jogo.

 

CHARLES ARÁNGUIZ (Bayer Leverkusen) 8.5

GoalPoint-Leverkusen-Freiburg-German-Bundesliga-201718-MVP
Clique para ampliar

Tal como o Bayern, o Bayer também aplicou uma goleada de quatro bola a zero no fim-de-semana, sendo que neste caso a vítima foi o Freiburg. A grande figura da partida foi o chileno Aránguiz, que esteve directamente envolvido em três dos quatro golos do jogo.

O tento que marcou foi particularmente brilhante, com um grande remate de primeira de fora da área, mas as tarefas defensivas não foram descuradas, como é habitual no chileno, que acabou o jogo com seis intercepções, o máximo da ronda na Bundesliga.

 

RAHEEM STERLING (Manchester City) 8.4

GoalPoint-Watford-Man City-English-Premier-League-201718-Highlight
Clique para ampliar

Pela primeira vez esta época temos dois jogadores da mesma equipa no “top 5” da semana. Apesar de ter sido actor secundário na partida em que Aguero brilhou mais alto, Sterling também foi um “diabo à solta”, marcando um golo e conquistando o penálti que deu origem a um dos golos do argentino.

A sua capacidade desequilibradora fica bem evidente no número de dribles com que terminou o jogo (sete eficazes em dez tentativas), e nas quatro ocasiões de remate que criou. Está em grande forma.

 

QUADRO RESUMO:

GoalPoint-Tops-ot-EuroTops-Round-170918-infog
Clique para ampliar