Portugal tem um novo pêndulo. Com a ida para Barcelona, André Gomes parece estar a aprimorar qualidades que já evidenciava, e o destaque nesta na fase de qualificação vai para a certeza que tem revelado no passe.

Eficácia acima de 90% é sempre algo de assinalar, sobretudo num centro-campista, mas nos 244 minutos de utilização que teve até agora, André Gomes tem elevado a fasquia. O jovem de 23 anos não só tem uma percentagem de acerto de 92%, como dentro do seu próprio meio-campo é o único jogador que ainda não falhou qualquer entrega.

#JogadorPaís% Passes eficazes% Passes eficazes (próprio meio-campo)
1A. GomesPortugal91,8%100%
2HøjbjergDinamarca86,5%98,6%
3MedunjaninBósnia91,4%98,5%
4ThiagoEspanha92,2%98,4%
5PjanicBósnia83,8%98,0%
88PepePortugal83,6%93,5%
97WilliamPortugal88,8%93,2%
146FontePortugal87,2%91,3%
286CanceloPortugal84,9%82,6%
321OzbayrakliTurquia71,7%64,1%

Mínimo de 180 minutos jogados e 36 passes no próprio meio-campo
Fonte: GoalPoint.pt / Opta

Curioso ainda o facto de o “Top 50” ter outros jogadores bem conhecidos dos portugueses: Cristian Sapunaru (que na selecção actua por vezes como médio) tem uma eficácia de passe no seu próprio meio-campo de 96,2%; e Victor Lindelof, que só falhou oito das 170 tentativas de passe dentro do seu meio rectângulo, e apresenta por isso uma eficácia de 95,3%.

Infalível, para já, só mesmo André Gomes. Que assim continue, esperamos todos.

  • Jorge Manuel

    muito bem para o andré..parabéns!