Para muitos foi a figura do jogo contra a Letónia. Ricardo Quaresma entrou a 25 minutos do fim, anotou duas assistências, e voltou à excelência na hora de cruzar para a área. Ontem foram cinco os cruzamentos eficazes, enquanto os restantes 13 utilizados somaram apenas três.

O “mustang”, famoso pelas trivelas que fazia a partir do lado esquerdo, raramente é visto nesse flanco desde que Fernando Santos tomou conta da Selecção. O grau de espectacularidade pode não ser o mesmo, mas o engenheiro sabe o que está a fazer quando pede a Quaresma para se manter encostado à direita, e uma das grandes vantagens é o aumento da eficácia na arte de cruzar.

Depois do jogo de ontem, Ricardo Quaresma apresenta uma média de 5,7 cruzamentos eficazes a cada 90 minutos na fase de qualificação, e esses números são de tal forma impressionantes, que a única selecção europeia que tem melhor média é, naturalmente, Portugal.

#PaísCruzamentos eficazes / jogo
1Portugal7,0
2Holanda5,6
3Itália5,3
4Bósnia5,0
5Dinamarca4,8
54Arménia0,0

Fonte: GoalPoint.pt / Opta

Entre os jogadores, só o italiano Antonio Candreva (3,5), se aproxima de Quaresma. Todos os outros fazem menos de metade dos cruzamente eficazes feitos pelo português.

Esse acerto, que já resultou em três assistências e 13 ocasiões criadas nesta campanha, permite que Ricardo Quaresma seja o português com o mais alto GoalPoint Rating na fase de qualificação. Estes são os melhores ao fim de quatro jornadas.

#JogadorPaísGoalPoint Rating
1LewandowskiPolónia8.61
2MertensBélgica8.30
3MüllerAlemanha8.26
4PromesHolanda8.24
5QuaresmaPortugal8.21
6PayetFrança8.05
7HazardBélgica7.87
8RonaldoPortugal7.84
9KroosAlemanha7.83
10EriksenDinamarca7.81
22WilliamPortugal7.15
26João MárioPortugal7.10
44RaphaelPortugal6.76
51André SilvaPortugal6.68
57André GomesPortugal6.62
120CanceloPortugal6.20
170FontePortugal5.98
311PatrícioPortugal5.43
328PepePortugal5.37

Mínimo de 180 minutos jogados na fase de qualificação
Fonte: GoalPoint.pt / Opta