Se está com pressa em saber a resposta à pergunta do título, poupamos-lhe uns minutos e dizemos-lhe já que não. Neymar há só um, pelo menos neste planeta, e foi por isso que custou os 222 milhões de euros que o Paris Saint-Germain pagou por ele.

No entanto, isso não nos impede de procurar o “espécime” mais aproximado. Afinal de contas, o próprio Neymar há quatro anos valia “apenas” 88 milhões, e o grande desafio será agora encontrar alguém que possa render em campo ao ponto de ter uma valorização semelhante ao brasileiro.

GoalPoint-Guingamp-Paris SG-French-Ligue-1-201718-MVP
Clique para ampliar

O desafio é, acima de tudo, do Barcelona. No dia em que Neymar se estreou pelo novo clube com um brilhante 10.0 no GoalPoint Ratings, os “blaugrana” eram derrotados pelo Real Madrid na sua própria casa, e os alarmes começam a tocar ainda com mais intensidade. O “Barça” precisa urgentemente de alguém que preencha o vazio que Neymar deixou. De um jogador capaz dos mesmos desequilíbrios individuais que o brasileiro proporcionava, da arte, da visão e da veia goleadora. Uma tarefa que não é nada fácil, mesmo com a conta bancária cheia.

A nossa abordagem, já se sabe, seria a de olhar para os dados estatísticos. Tudo o que faz de Neymar um jogador especial está reflectido neles. As 9,9 tentativas de drible que faz a cada jogo foram o máximo que qualquer jogador conseguiu nas últimas duas épocas. As 3,9 faltas sofridas só foram superadas por dois jogadores em toda a Europa, mas depois há tudo o resto. Neymar não é só quantidade, é eficácia, é qualidade. No drible, no remate, no que vê que os outros não vêem. Foi disso tudo que fomos à procura, e encontrámos cinco jogadores que o Barcelona podia e devia considerar para o seu lugar.

Ousmane Dembélé (Borussia Dortmund)
França, 20 anos

GoalPoint-Data-Scouting-Neymar-Dembele-Dortmund

OK, este não é surpresa nenhuma. Segundo os rumores, Ousmane Dembélé é o mais forte candidato à vaga de Neymar, e, olhando os seus números, isso é perfeitamente justificado.

Entre os cinco nomes da nossa lista, Dembélé não só é o mais novo como é também aquele que mais se assemelha a Neymar nas características que mais o distinguem: a tendência e a qualidade nos desequilíbrios individuais. Se o brasileiro opta pelo um-para-um em 12,3% das vezes que a bola lhe passa pelos pés, Dembélé supera esse número e fá-lo em 15% das vezes. Mais: o francês não só insiste mais nesse recurso, como também supera Neymar na eficácia com que é bem sucedido nas suas tentativas (54% contra 50%).

Apesar de finalizar ligeiramente pior que Neymar, Dembélé também aparece na área para rematar com frequência, e os 27 golos que anotou nas últimas duas épocas validam ainda mais a opção pelo francês. Só resta saber se o Borussia Dortmund vai na conversa. Mas tudo tem o preço, e o de Dembélé é perfeitamente justificado.

Keita Baldé (Lazio)
Senegal, 22 anos

GoalPoint-Data-Scouting-Neymar-Keita-Lazio

Seria um regresso à casa onde fez grande parte da sua formação. Filho de pais senegaleses mas nascido em Espanha, Keita acabaria por abandonar a “cantera” do “Barça” depois de um estranho castigo que fez com que passasse uma época na equipa satélite. Finda essa época, na qual anotou 47 golos, recusou o regresso e acabou na Lazio a troco de 300 mil euros.

O extremo é um regular dos “laziale” desde os 18 anos, mas na última época assistiu-se à sua definitiva explosão, anotando um total de 16 golos na Serie A italiana. Dono de uma excelente estampa física, Keita é de todos aquele que tem a maior capacidade goleadora, mas não deixa por isso de ter grande capacidade técnica e velocidade.

Talentoso com ambos os pés, o hispano-senegalês faz disso um grande aliado à imprevisibilidade do seu futebol, visto que, ao contrário de Neymar, tanto flecte para o meio como gosta de ir à linha cruzar. Se o Barcelona estiver disposto a “engolir o sapo” que foi a sua traição, Baldé seria uma grande opção para o flanco esquerdo blaugrana.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: UM ESPANHOL E UM… BRASILEIRO