Se ainda não jogaste o nosso quiz da Liga NOS 19/20, pára e joga, antes de leres o resto deste artigo. Depois sim, regressa para conferires o que acertaste e onde falhaste, sendo certo que alguma(s) terás falhado, pois este não era um daqueles quizzes óbvios. Podes jogar no componente apresentado em seguida ou saltar de imediato para os 20 factos da Liga NOS 19/20.

(Clique neste link se preferir jogar em ecrã completo)

 

Na última jornada da Liga NOS (24ª), Wendel bateu um longo recorde, qual?

Não, não foram uns eventuais 20 centímetros em fora-de-jogo a definir um novo recorde da Liga para o brasileiro, foram mesmo os 110 passes certos somados pelo médio, no triunfo leonino perante um Aves reduzido a nove elementos bem cedo no jogo.

GoalPoint-Sporting-Aves-Liga-NOS-201920-MVP
Clique para ampliar

Vlachodimos (Benfica) é o guardião com a maior percentagem de remates enquadrados defendidos (81%), não só na Liga NOS, mas também nos principais campeonatos europeus.

À medida que a época foi decorrendo, foi ficando cada vez mais claro o facto de que, mais do que ter um processo defensivo sólido, o Benfica contava com um Odysseas Vlachodimos em grande plano, tão grande que consegue liderar rankings europeus, e não é de hoje.

A que clube corresponde este mapa de pontapés de baliza, que são em média os mais longos da Liga NOS 19/20 (56,7 metros)?

Clique para ampliar

Nenhuma equipa executa (em média) pontapés de baliza mais longos do que o Portimonense. E, se estiver atento, irá perceber uma das razões porquê, ainda antes do final deste artigo.

Só um destes quatro jogadores (Vietto, Paulinho, Ricardo Horta e Welinton Júnior) leva mais do que 70 remates na Liga NOS 19/20. Qual?

A resposta é Welinton Júnior. O Aves pode viver momentos difíceis, mas o extremo não desiste de alvejar a baliza contrária sempre que pode, não admirando assim que seja o melhor marcador da equipa, com sete golos, a par de Mehrdad Mohammadi.

Entre todos os jogadores que remataram pelo menos 25 vezes, Carlinhos (Vitória FC) é o que o faz, em média, a maior distância da baliza adversária.

Os benfiquistas sabem bem quem é Carlinhos, ou não tivesse o brasileiro marcado o golo que forçou as “águias” a um empate na última partida disputada na Liga, em Setúbal. Curiosamente, esse golo, obtido já no coração da área “encarnada”, acaba por destoar da média de 27,2 metros que separam os remates do brasileiro do seu alvo.

Filipe Augusto (Rio Ave) é o jogador que mais acções com bola soma até agora na Liga.

O médio falhou na passagem pelo Benfica, mas é figura central na manobra dos comandados de Carlos Carvalhal na época em curso, com o número de vezes com que interage com a bola a falar por si nessa matéria.

Clique para ampliar

Bruno Fernandes acumulava 63 passes para finalização na Liga NOS 19/20, antes de sair para o Manchester United. Qual o colega a quem ofereceu mais situações de remate?

A resposta é… Yannick Bolasie. O congolês leva apenas um golo marcado na Liga, mas recebeu nada menos do que 11 passes para situação de remate da parte de Bruno Fernandes, um municiador do qual não apenas ele, mas todos os colegas, já sentirão saudades.

Dos 15 golos marcados por Carlos Vinícius, 11 tiveram assistência de um colega. Quem lhe ofereceu mais golos?

Carlos-Vinícius-Braga-Benfica-1200x650

Provavelmente uma das respostas mais óbvias do nosso quiz, ou não fosse Pizzi um habitual candidato a “rei” das assistências, não só da Liga como sobretudo do Benfica, sendo que Vinícius tem a agradecer-lhe o passe para três dos 15 golos que leva na Liga.

Dos seis jogadores com mais do que 100 duelos aéreos ofensivos disputados na Liga NOS 19/20, só um venceu mais de 50% desses duelos. Qual?

Lembra-se de quando lhe dissemos que iria perceber o porquê de o Portimonense colocar tantas bolas longas nos pontapés de baliza? A resposta chama-se… Jackson Martínez, o jogador que, apesar das dificuldades, continua a mostrar a sua qualidade aos 33 anos, parte dela expressa neste feito.

Qual o único jogador com mais de 100 tentativas de cruzamento? Nuno Santos, o extremo do Rio Ave.

O jogador com maior eficácia entre os que mais procuram o passe longo tem um nome que engana: Marco Baixinho.

Um defesa-central chamado Marco Baixinho é obra, sobretudo quando o jogador em causa, não sendo uma “torre”, também não é propriamente um atleta de baixa estatura, com os seus 1,87m. Mas mais do que na altura, Baixinho destaca-se nesta Liga pela eficácia com que executa o passe longo (61%).

Ninguém soma mais dribles completos na Liga do que Brian Mansilla.

Pois é, o líder da Liga na arte do drible não joga em nenhum dos “grandes”. Falamos de Brian Mansilla, o jovem (22 anos) argentino do Vitória de Setúbal, que não dá hipótese nesta disciplina, liderando não só no total de dribles completos, como também na distribuição média dos mesmos a cada 90 minutos jogados (3,4).

E quem foi o único a conseguir driblar mais de quatro vezes o mesmo adversário?

Não, desta vez o troféu não vai para Brian Mansilla, mas para outro “endiabrado”, ainda mais jovem: falamos de Francisco Trincão, o extremo “guerreiro” que já tem passagem reservada para Barcelona.

GoalPoint-Portuguese-Primeira-Liga-2018-Francisco-Trincão-infog
Clique para ampliar

Licá (Belenenses) definiu um novo máximo da Liga na Jornada 16, frente ao Gil Vicente. Qual?

Não, não foi um recorde de remates, dribles ou passes para finalização, foram mesmo os sete foras-de-jogo que deixaram Licá no “livro” da Liga até agora.

Mehdi Taremi já sofreu seis grandes penalidades na Liga NOS, e o mais incrível é que só uma equipa (para além do Rio Ave) supera o registo do iraniano. Qual?

A única outra equipa que soma mais penáltis sofridos que o avançado do Rio Ave é o Tondela, com sete.

Fahd Moufi, do Tondela, é o único jogador da Liga que já perdeu a bola no seu terço defensivo mais de 50 vezes. No plano oposto, o portista Otávio Monteiro é o único atleta com mais de 30 acções defensivas no último terço ofensivo. Pressão total.

O setubalense José Semedo é o jogador que viu mais cartões amarelos na Liga: 11.

Gedson Fernandes já joga em Inglaterra, mas disse adeus à Liga NOS 19/20 como o único jogador a somar mais de 200 minutos sem ver a sua equipa (Benfica) sofrer qualquer golo.

Por fim o destaque para o único jogador da Liga a somar um GoalPoint Rating de 10.0 sem jogar nos “grandes”: Uros Racic, do Famalicão.

GoalPoint-Famalicão-Vitória-FC-Liga-NOS-201920-MVP
Clique para ampliar