6⃣ nomes que arrancaram a época 20/21 “on fire” 🔥

-

As competições de clubes em 2020/21 ainda agora começaram e já chegou a primeira paragem, para compromissos da Selecção Nacional na Liga das Nações. Mas as três primeiras jornadas do campeonato, mais os encontros já realizados nas provas europeias, já deixaram um “cheirinho” do que poderemos ter ao longo da época, com jogadores a mostrarem credenciais para campanhas marcantes.

Sem escondermos a antecipação que sentimos pelas novas contratações dos diversos clubes, perto do fecho do mercado de Verão, olhamos para os jogadores que, neste primeiro mês de futebol, se têm destacado dos demais por via de diversos detalhes fundamentais, quer pela regularidade inicial, quer pelo peso em determinados momentos do jogo dos seus conjuntos. São seis os nomes em que nos focamos, pelo impacto imediato.

Everton “Cebolinha” 🇧🇷
O tri-MVP

Na análise ao sonante reforço benfiquista já havíamos realçado a sua qualidade e previsível peso no futebol “encarnado” esta temporada. E nas apostas que avançámos para estrelas nesta Liga NOS também incluímos o nome do internacional “canarinho”. E os primeiros indicadores confirmam-no.

No último jogo, contra o Farense, esteve uns furos abaixo do normal – assim como toda a equipa da casa -, mas nos primeiros encontros oficiais das “águias” foi Everton e mais dez. O primeiro desses jogos foi amargo para o Benfica, com a derrota ante o PAOK, mas “Cebolinha” foi o melhor em campo, repetindo a dose nas duas primeiras jornadas do campeonato, frente a Famalicão e Moreirense. Nesta altura está no lote de jogadores com segundo registo máximo de remates num jogo (cinco, ante os cónegos), também entre os segundos com mais passes para finalização (quatro, nessa mesma partida) e é dele o máximo de dribles eficazes num desafio da Liga até ao momento (sete, com o Famalicão). À terceira jornada tem um GoalPoint Rating acumulado de 7.02.

[ Golo de Everton ao Famalicão ]

Rodrigo Pinho 🇧🇷
O caça “dragões”

GoalPoint-Maritimo-Tondela-Liga-NOS-202021-MVP
Clique para ampliar

O ponta-de-lança brasileiro está a dar sequência a um final de época 2019/20 de grande nível. Em três jornadas da nova temporada, Rodrigo Pinho soma quatro golos. Na retina de todos terão ficado, muito provavelmente, os dois que marcou ao FC Porto em pleno Estádio do Dragão – não é para todos -, que valeu o triunfo da sua equipa, mas essa nem foi a sua melhor exibição. Na jornada 2 também bisou, ante o Tondela, sendo o MVP da partida.

[ O primeiro tento de Rodrigo Pinho no Dragão ]

A relevância do arranque de temporada de Rodrigo ganha mais amplitude se atendermos ao facto de o brasileiro ter marcado quatro dos cinco golos que os insulares somam no campeonato até ao momento. E mais, enquanto esteve em campo, o atacante marcou todos os golos da equipa – o tento de Nanú no Dragão aconteceu com Pinho já substituído. À terceira jornada tem um GoalPoint Rating acumulado de 7.02.

Thiago Santana 🇧🇷
O “novo” anticiclone dos Açores

GoalPoint-Santa-Clara-Maritimo-Liga-NOS-202021-MVP
Clique para ampliar

Tal como Rodrigo Pinho, também o brasileiro do Santa Clara apresenta números ofensivos fundamentais para a formação comandada por Daniel Ramos. Os açorianos marcaram três golos nas primeiras três jornadas – e não sofreram nenhum -, e Santana fez todos os tentos da equipa, incluindo um em Braga e dois na ronda de estreia, ante o Marítimo de… Rodrigo Pinho.

Esta qualidade atacante não espanta, uma vez que nestas três primeiras rondas, o brasileiro registou uma média de quase quatro remates por 90 minutos (3,8), com uma conversão desses disparos de 33%. Já na época passada Thiago Santana havia dado mostras de qualidade, mas em apenas três embates de 2020/21 já fez 50% dos tentos que apontou na Liga 2019/20. À terceira jornada tem um GoalPoint Rating acumulado de 6.94.

[ O primeiro golo de Santana ao Marítimo ]

Amir Abedzadeh 🇮🇷
O “gato” iraniano

GoalPoint-Porto-Maritimo-Liga-NOS-202021-MVP
Clique para ampliar

Na época passada, a “propriedade” da baliza maritimista foi alternando entre o Amir e o brasileiro Charles. No arranque de 2020/21 o iraniano parece ganhar vantagem, e percebe-se porquê. Após duas primeiras rondas com exibições positivas, o guardião arrancou uma exibição portentosa no Dragão, sendo um dos principais responsáveis pelo inédito triunfo insular na casa dos portistas.

Com incríveis oito defesas, sete a remates na sua grande área, Amir foi evitando golos do Porto, inclusive defendendo, de forma espectacular, uma grande penalidade apontada por Alex Telles, num daqueles casos em que se pode afirmar que foi o guarda-redes a defender e não o cobrador do castigo máximo a falhar. À terceira jornada tem um GoalPoint Rating acumulado de 6.57.

[ A grande penalidade que Amir defendeu, a cobrança de Alex Telles ]

Wilson Manafá 🇵🇹
Crescimento a olhos vistos

Uma espécie de “patinho feio” de alguns adeptos portistas, Manafá está a realizar aquele que é, talvez, o melhor arranque de época da carreira. E isso tem-lhe valido a confiança absoluta de Sérgio Conceição, que assim tem apostado em Jesús Corona em zonas mais adiantadas do terreno. Nas primeiras três rondas da Liga portuguesa, o lateral tem sido um dos mais consistentes dos “azuis-e-brancos” e também um dos mais procurados, na ideia de jogo portista, para levar a bola para a frente.

[ O peso de Manafá na circulação portista, no dérbi portuense ]

GoalPoint-Boavista-Porto-Liga-NOS-202021-pass-network
Clique para ampliar

Destaque para a excelente exibição frente ao Boavista, arrancando um rating de 7.0, mas não andou longe nos outros dois desafios, mantendo uma eficácia no drible própria dos melhores extremos, passes para finalização e para ocasiões de perigo dos seus colegas de equipa e, ao mesmo tempo, uma solidez defensiva assinalável. À terceira jornada tem um GoalPoint Rating acumulado de 6.49. Será para continuar?

[ Assistência de Manafá para golo de Luis Díaz no Bessa ]

Angel Gomes 🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿
O fantasista com golo

Uma das apostas GoalPoint para brilhar na Liga NOS 2020/21, é verdade que fez um jogo pobre frente ao FC Porto, mas o contexto desse jogo permite-nos colocar, para já, essa prestação na gaveta das excepções. Angel Gomes, filho de Gil, antigo Campeão do Mundo Sub-20, em 1991, fez toda a sua formação no Manchester United, antes de rumar ao Lille, de França, que o emprestou agora aos “axadrezados”. A sua velocidade, imprevisibilidade e raciocínio rápido permitem-lhe ser um desequilibrador nato.

[ O golo do “outro mundo” de Angel Gomes ao Moreirense ]

Na primeira jornada fez “só” duas assistências no empate do Boavista em casa do Nacional, que na nossa opinião seriam três, mas a Opta não considerou assim. Na terceira marcou um golo que é, desde já, candidato ao tento da época em Portugal, num remate pleno de talento do meio-campo, mas também de visão, inteligência, rapidez de execução e avaliação do lance. E ainda agora chegou a Portugal. À terceira jornada tem um GoalPoint Rating acumulado de 5.93.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR