A crise do Vitória de Setúbal

-

Com problemas dentro e fora de campo, um dos clubes mais importantes do seu distrito viveu uma crise sem precedentes e foi despromovido à terceira divisão de Portugal.

Criado no início do século XX, o Vitória Futebol Clube é um dos clubes mais tradicionais de Portugal. O Euro também é uma das tradições mais presentes em Portugal, e saber Onde encontrar as melhores odds para Portugal França no Euro 2020? Um guia rápido e completo dos melhores odds para ambas selecções. Activo em várias modalidades, como tiro e ciclismo, o futebol foi o motor de uma instituição que chegou a ser a sexta com mais temporadas disputadas na primeira Liga do campeonato de Portugal, hoje conhecida como Liga NOS.

Os períodos de maior sucesso do Vitória de Setúbal sempre foram ligados à Taças de Portugal, competição na qual o clube foi bem-sucedido nas temporadas de 1965, 1967 e 2005, e com a Taça da Liga. Na maior competição eliminatória do país, a última Taça da equipa sadina foi levantada depois que os vitorianos vencerem o Benfica de Nuno Gomes por 2-1. Após iniciar o jogo sofrendo um golo logo aos quatro minutos do primeiro tempo, Manuel José e o camaronês Meyong marcaram para sagrar o seu clube como campeão da prova. A campanha foi iniciada contra o Pedras Rubras, na quarta fase eliminatória, e seguiu contra o Académico de Viseu, Vitória de Guimarães, Braga e Boavista, antes da grande decisão. Na temporada seguinte, o V. Setúbal também chegou até a final, mas foi derrotado pelo Porto de Pepe e Ricardo Quaresma por 1-0.

Já na Taça da Liga, o clube teve a última possibilidade de ganhar um título de expressão nacional em 2018 contra o Sporting. Após empatar a partida em 1-1 no tempo regulamentar, a equipa lisboeta acabou conquistando o troféu com um 5-4 nas cobranças das penalidades máximas.

Entretanto, as campanhas recentes do Vitória na Primeira Liga não foram satisfatórias. Ao terminar as últimas edições da Liga mais próximo da zona de descida do que de posições seguras, o clube viveu o ponto mais negro de toda a sua história no fim da temporada 2019/2020. Após terminar o campeonato no 16º lugar, com 34 pontos conquistados, o clube teve irregularidades detectadas pela Comissão de Auditoria da Liga e, pelos problemas financeiros, o Vitória de Setúbal foi excluído das competições profissionais para a temporada 2020/2021, consequentemente sendo despromovido ao Campeonato de Portugal, a terceira divisão nacional. Segundo o comunicado divulgado pela Liga, havia dívidas envolvendo a sociedade desportiva, jogadores, treinadores e funcionários e irregularidades envolvendo a situação contributiva do clube junto à Administração Tributária.

No mês de Setembro, o Vitória teve a sua inscrição no Campeonato de Portugal confirmada. A estreia da equipa no terceiro escalão nacional aconteceu em Outubro, com a vitória de 1-0 contra o Moncarapachense fora de casa, num período em que a questão dos vencimentos ainda estava pendente com os jogadores, dentro da situação financeira que se tornou mais complexa depois da descida directamente da primeira à terceira divisão.

Se a missão do Vitória de Setúbal em retornar à elite começou há pouco, o clube terá mais um obstáculo visando partir da temporada 2021/2022. Em Maio de 2020, a Federação Portuguesa de Futebol anunciou uma reestruturação na pirâmide do futebol nacional e o Campeonato de Portugal tornar-se-á na quarta divisão, para dar lugar à Terceira Liga, nova categoria criada com o objectivo de aumentar a competitividade e a quantidade de projectos equilibrados dentro da estrutura de futebol de Portugal.

GP Factory
GP Factory
A GP Content Factory prepara e publica os conteúdos da responsabilidade das marcas que apoiam o GoalPoint na sua missão de lhe oferecer os melhores conteúdos de análise de futebol. Contacte-nos para saber mais via [email protected]
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR