Adepto do Real “assassina” Lamborghini por amor ao clube

O amor clubístico não conhece limites, e isso inclui o bom gosto ou falta dele, como demonstra a “obra” que um adepto do Real criou no seu Lamborghini para celebrar a “décima”. Por outro lado, se tem capacidade para ser proprietário de um veículo destes terá também fulgor financeiro para corrigir tamanha asneira.