Muitas vezes o adepto do futebol português só se apercebe do talento que milita nos emblemas de segundo plano quando este defronta os “grandes”. Isto quando não são os próprios responsáveis dos clubes de maiores ambições a só darem a devida atenção às “jóias” que brilham na Liga apenas quando estas se atravessam no seu caminho.

Shoya Nakajima, do Portimonense, é um bom exemplo desta “distracção”: apesar de já ter sido associado ao interesse dos “grandes” (muito depois dos seus primeiros sinais de qualidade recorrente), o japonês continua não só a militar no Portimonense como a exibir-se a um nível que o mostra indiferente à posição na tabela do emblema algarvio, o que o torna tão raro quão merecedor de atenção. Pelo caminho o japonês valorizou-se de forma significativa, tornando-se agora mais difícil para os bolsos nacionais: dos 800 mil euros de valor (Transfermarkt) com que chegou a Portimão, Shoya saltou para os oito milhões. E o desempenho, justifica-o?

GoalPoint-Shoya_Nakajima_2017_vs_Shoya_Nakajima_2018-infog
Clique para ampliar

O resumo rápido que oferecemos não deixa dúvida e a uma análise mais detalhada apenas o reforça: Nakajima é uma “Shoya”, cujo desempenho vem impressionando desde a sua chegada à Liga NOS, como fomos aliás dando conta desde cedo. E esta é uma das vantagens de aceder e saber analisar os dados de desempenho: identificar os sinais de qualidade regular e recorrente, antes dos demais e, de preferência, quando ela ainda é acessível.

GoalPoint-Talentos-J-League-2017-Shoya-Nakajima-infog
Os números GoalPoint de Shoya Nakajima, ainda no Japão, já indicavam a qualidade que vem comprovando na Liga NOS, pela segunda época consecutiva.

A noite de sonho do japonês frente ao Sporting é apenas mais um capítulo, no percurso de um jogador que somou nesta jornada o quinto título de MVP (segundo na Liga NOS 18/19) desde que surgiu no nosso “radar”. Terá o futebol português ainda a oportunidade de ver Nakajima envergar a camisola de um dos “grandes” ou será o japonês mais um daqueles “cometas” que atravessa a Liga durante uma noite em que todos parecem dormir?

[O primeiro golo de Nakajima frente ao Sporting. O japonês assinou dois e deu outros dois a marcar, no confronto da 7ª jornada com os “leões”]