No final de Setembro, um tsunami atingiu a ilha de Celebes, na Indonésia. A cidade de Palu foi a que mais sentiu a força das águas e o seu poder devastador e mortífero. Nestes tipo de calamidades, as crianças são as mais afectadas, pelo que precisam de ajuda urgente. A GoalPoint, como não podia deixar de ser, volta a associar-se à UNICEF, como já o fez no passado, para que a organização chegue onde é preciso e ao maior número de crianças possível.

Mais de 2 milhões de pessoas foram afectadas e destas, mais de 665.000 são crianças. Como em qualquer situação de emergência, elas são sempre as mais vulneráveis. A UNICEF está preocupada com dezenas de milhares de crianças cuja situação é extremamente precária, necessitando, por isso mesmo, de assistência urgente. Muitas destas crianças não só perderam as suas casas no tsunami, como também familiares, amigos e tudo aquilo que conheciam.

UNICEF lançou um apelo de 5 milhões de dólares para apoiar as crianças e comunidades. É necessário garantir que estas continuem a frequentar a escola, bem como assegurar que até elas cheguem serviços de saúde e nutriçãode água, saneamento e higiene, e também fazer tudo para que estejam protegidas. A UNICEF está a trabalhar na identificação e encaminhamento de crianças que ficaram sozinhas para evitar a separação familiar e está também a prestar apoio psicológico.

Não é a primeira vez que a UNICEF se depara com um cenário destes – em 2004, teve um papel determinante de intervenção humanitária de emergência, quando o mais devastador tsunami de que há memória destruiu zonas costeiras de vários países, e custou a vida a mais de 226.000 pessoas – destas mortes, 120.000 ocorreram na Indonésia. Este foi o maior esforço de assistência de emergência alguma vez levado a cabo pela UNICEF.

Assim sendo, a GoalPoint junta-se à UNICEF no apelo para que o maior número possível de pessoas contribua para os esforços humanitários, através de um donativo. Para o realizar, clique aqui (link). Toda a ajuda é bem-vinda.

Emergencia-Indonesia-UNICEF