André Silva a “rebentar tudo”, na Bundesliga e na Europa

-

Até ao final, aconteça o que acontecer, já ninguém tira a André Silva a distinção de melhor época da carreira em termos de golos em Ligas nacionais. O ponta-de-lança de 25 anos está numa forma nunca antes vista ao serviço do Eintracht de Frankfurt, registando sensivelmente a meio da temporada o maior número de golos que já apontou num campeonato profissional. O português leva 17 tentos na Liga alemã, mais um dos que somou em toda a Liga NOS 16/17, ao serviço do FC Porto, mas o internacional promete mais.

Neste momento é o segundo artilheiro do campeonato alemão, batido apenas pelos 24 golos de Robert Lewandowski, mas também das principais Ligas europeias, à frente de nomes como Kylian Mbappé, Cristiano Ronaldo e Luis Suárez, todos com 16. A Bota de Ouro é tudo menos um sonho impossível.

“Há jogadores de topo e que raramente falham, como o Lewandowski ou o Cristiano Ronaldo. É difícil, eu sei, mas é um sonho [ganhar a BoTa de Ouro]” (André Silva ao Diário de Notícias – 09/02/2021)

Na última temporada de dragão ao peito o avançado fez 21 golos em todas as competições, estando, agora, a apenas três desse registo. Na Liga alemã, os 12 que fez em 19/20 pelo Eintracht já foram largamente ultrapassados, e o facto de seis dos 17 tentos que marcou terem acontecido da marcação de grandes penalidades não explica tudo. Olhando aos números das duas épocas, é fácil perceber onde estão as melhorias de André Silva.

GoalPoint-André_Silva_2019_vs_André_Silva_2020-infog
Clique para ampliar

Em relação a 2019/20, o ponta-de-lança apresenta um registo melhorado na média de remates por 90 minutos (3,1 para 3,9) e de disparos de bola corrida (2,7 contra 3,1), e esse aumento teve acompanhamento na eficácia com que executa as acções. Se na época passada converteu 22% das tentativas, na presente assinala 25% – parece pouco aumento, mas geralmente, quanto mais se remata, menor é a taxa de conversão, e aqui há uma inversão.

Ainda assim, já na época transacta os valores de André Silva apontavam para uma competência assinalável, uma vez que é superior a percentagem de conversão de ocasiões flagrantes, que passou de 56% para 50% actualmente. Um, número que, no entanto, não tem impacto directo nos golos, já que o português está mais produtivo neste capítulo.

Implacável na área

Os mapas de golos (em cima à esquerda) e de remates (direita) no Eintracht na Bundesliga 2020/21 mostram claramente que André Silva é um homem de área, apesar de, em parte da carreira (inclusive no FC Porto) ter sido muitas vezes utilizado a extremo-direito. A amarelo os remates que o português converteu em golos. A azul os enquadrados não convertidos e a vermelho os desenquadrados. Tentos, esses, aconteceram todos de disparos nas áreas contrárias.

Passes para finalização e assistências

Em relação a 2019/20, André Silva regista uma quebra no número médio de passes para finalização (mapa de cima, à esquerda) por 90 minutos – passou de 1,8 para 0,9. Ainda assim, a diferença nas ocasiões flagrantes criadas (0,34 – 0,28) é de centésimas apenas e já conseguiu duas assistências (à direita), apenas menos uma que em toda a Bundesliga 19/20.

Dribles e faltas sofridas

Nos mapas acima podemos ver o registo de dribles (à esquerda), com os azuis a mostrarem aqueles que tiveram sucesso, e também as zonas onde o avançado sofreu faltas (direita). Na primeira variável, foi residual o aumento da média de dribles (2,0 – 2,2) e a margem de sucesso é semelhante (49% – 48%). O mesmo acontece no que toca às faltas (1,2 – 1,3), mas verificam-se mais sofridas no seu meio-campo defensivo (0,4 – 0,7).

Acções defensivas e acções com bola

As 1,6 acções defensivas em 2019/20 ou as 1,3 na presente temporada não são um número relevante, mas nota-se, no mapa da esquerda, que André Silva acaba por ser um elemento importante na ajuda defensiva na sua grande área, nomeadamente nos lances de bola parada. Quanto às acções com bola, e apesar de já termos visto que o português é um homem de área por excelência, nota-se, no mapa à direita, que não se cinge apenas a participar no jogo com o esférico no último terço, deambulando e recuando muitas vezes para buscar jogo.

Estaremos cá para acompanhar a contínua evolução do ponta-de-lança português de 25 anos, cujos feitos esta temporada já levaram ao rumor do interesse do Atlético de Madrid nos seus serviços.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR