4. MAIS CANTOS, MENOS EFICÁCIA
Gaitán
(foto: J. Trindade)

A equipa de Rui Vitória possui uma média de cerca de 8 cantos a cada 90 minutos, cruzando quase sempre para a área. A percentagem de eficácia dos cruzamentos, porém, é de aproximadamente 38%. Os “azuis-e-brancos” possuem uma média bem menor de apenas cinco cantos por jogo e aproveita apenas cerca de metade das oportunidades para cruzar diretamente para a área. Curiosamente, a eficácia de cerca de 46% revela que a equipa de Lopetegui aproveita melhor as poucas oportunidades de que dispõe.

5. FC PORTO CEDE MAIS CANTOS
Marcano e Gaitán
(foto: J. Trindade)

Os pontapés de canto poderão ser um momento-chave no jogo do próximo domingo. Nos quatro jogos disputados, o FC Porto cedeu nove cantos e os “encarnados” apenas cinco. Tendo em conta que os homens de Lopetegui são mais eficazes, poderemos assistir a um golo do FC Porto através de um pontapé de canto apesar do maior número de oportunidades do SL Benfica neste campo?

> NA PRÓXIMA PÁGINA: EFICÁCIA E POSSE