Apostas Manchester City – Man. United: Odds e Prognósticos

-

A pandemia tem abrandado o quotidiano de uma cidade frenética, mas habituada a parar em dia de “derby”. Este domingo (dia 7), ainda que longe das bancadas do Etihad, os adeptos de City e United estarão “colados” à televisão para mais uma edição do duelo entre os velhos rivais.

A jornada 27 da Premier League opõe o (aparentemente) imparável líder Manchester City ao United e, no Etihad, haverá com certeza influência portuguesa: do lado azul da barricada, Rúben Dias, Bernardo Silva e João Cancelo; do lado vermelho, Bruno Fernandes, num “antagonismo colorido” se tivermos em consideração a proveniência dos quatro craques. A bola começará a rolar a partir das 16h30 (horário de Portugal continental) e o “derby” suscita um sem fim de oportunidades para aumentar os seus lucros em apostas desportivas. Saber como identificar cenários com valor é essencial no mundo das apostas desportivas.

1. Ninguém pára o City… E quem pára Bruno Fernandes?

Os adeptos do Manchester United já lhe dedicam cânticos de há algum tempo a esta parte e, em Old Trafford, passou a responder por “Portuguese Magnifico”. Bruno Fernandes é figura de proa no Manchester United de Ole Gunnar Solskjaer e, por esta altura, assume-se como segundo melhor marcador da Premier League com 15 tiros certeiros, apenas superado por Mohamed Salah, que leva 17. Contas feitas, em 40 encontros com a camisola do United na atual temporada, Bruno Fernandes leva 22 golos marcados. O internacional português assume a marcação de boa parte das bolas paradas e já se sabe que nas imediações da área contrária é letal, fazendo valer a sua incrível meia distância. O internacional português já sabe o que é vencer o rival local, mas ainda não se estreou a marcar diante dos “Sky Blues”. Há sempre uma primeira vez para tudo…

A possibilidade de Bruno Fernandes marcar a qualquer altura no “derby” de Manchester está cotada a 3.50 na Bet.pt.

2. Gundogan, um goleador improvável

No papel, a função de Ilkay Gundogan (primeira contratação de Guardiola quando chegou ao City) aparenta não ter mudado, mas a realidade é que o jogo do internacional alemão tem ganho nova dinâmica. Guardiola tem concedido maior liberdade a Gundogan, potenciando a sua capacidade de atacar o espaço e definição em zona alta com resultados bastante satisfatórios. A influência do jogador na manobra ofensiva do City é agora bem maior e Gundogan está a protagonizar a melhor época do ponto de vista ofensivo desde que é sénior, dado que leva já 13 golos apontados.

A hipótese de Gundogan marcar a qualquer altura está a 2.40 na Bet.pt – curiosamente, a odd é mais baixa que as associadas às possibilidades de Raheem Sterling, Phil Foden ou Gabriel Jesus chegarem ao golo.

3. Letais à frente, consistentes a partir de trás

O líder Manchester City apresenta os melhores números da Premier League 2020/21 tanto do ponto de vista ofensivo (56 golos marcados) quanto no cômputo defensivo (17 golos sofridos) e, nos últimos dois encontros oficiais com o United, ambos disputados esta época, terminou com registos imaculados: empatou sem golos no jogo da primeira volta e venceu por duas bolas a zero para a Taça da Liga, também em Old Trafford. Curiosamente, só uma equipa marcou em quatro das últimos cinco edições do “derby” de Manchester. Walker, Stones, Rúben Dias e João Cancelo deverão formar o quarteto mais recuado, procurando fazer a sua parte na tentativa de neutralizar a ação ofensiva adversária e proteger a baliza à guarda de Ederson.

Uma vitória do Manchester City sem golos sofridos está cotada a 2.12 na Bet.pt.

4. “Not in my house”

Longe vai a terceira jornada da Premier League e… a única derrota do City a atuar no Etihad na atual temporada em provas domésticas. Quem se desloca ao “cofre forte” dos “Citizens” costuma regressar a casa de “mãos a abanar”, dado que a atual sequência se cifra em oito triunfos de modo consecutivo, cinco deles por margens superiores a um golo de diferença. O Manchester United será mais um bom teste à superioridade que os pupilos de Pep Guardiola têm exibido a atuar na sua zona de conforto, sendo que vão a jogo depois de uma goleada por quatro bolas a uma ao Wolverhampton – encontro em que saíram para o intervalo a vencer por uma bola a zero. Em 14 encontros caseiros nesta Premier League 2020/21, o Manchester City saiu para o intervalo a vencer em nove ocasiões e empatado em cinco.

A hipótese do Manchester City sair a vencer para o intervalo está cotada a 1.86 na Bet.pt.

5. O doce preço da reviravolta

A imprevisibilidade é uma característica habitualmente associada aos “derbys”. Na memória dos adeptos cabem todas as vitórias, umas mais memoráveis que outras, seja pelo brilhantismo da exibição, pela diferença no marcador final ou… por uma reviravolta épica. E afinal, quanto “pagam” as potenciais reviravoltas no “derby” da cidade de Manchester?

Se o Manchester City der a volta a um resultado desfavorável, esse cenário está avaliado em 5.50. Já no caso de os “Red Devils” conseguirem vencer após desvantagem, o cenário tem ainda mais valor, com uma odd de 8.00. Os valores podem ser encontrados na Bet.pt.

Apostas Online
Apostas Onlinehttps://www.asmelhoresapostasonline.com/
O Apostas Online é um portal de especialistas em apostas desportivas e prognósticos de futebol, onde encontras as melhores casas de apostas legais com os melhores bónus, dicas de prognósticos, tutoriais e muito mais.