O FC Porto bateu o Tondela no Dragão por 1-0, mas teve de lutar até aos últimos minutos para conseguir fazer funcionar o marcador. O volume ofensivo dos “azuis-e-brancos” foi tal que estes terminaram a partida com 31 remates, número já de si o mais elevado que uma equipa registou esta temporada na Liga NOS. Porém, este não foi o único máximo que os “dragões” definiram neste encontro.

Marega-Facto-do-Dia-Porto-infog
Clique para ampliar

Desses 31 remates, 20 aconteceram dentro da grande área do Tondela, o que representa mais um “recorde” no campeonato luso em curso. O anterior valor mais elevado pertencia ao Sp. Braga, que rematou 18 vezes no interior da área do Nacional da Madeira, jogo que os “arsenalistas” venceram por 4-2, logo na ronda inaugural da prova. Mas há mais:

  • Os portistas são, a partir de agora, a equipa com mais remates de cabeça num só encontro da Liga NOS 2018/19, nada menos que oito, batendo o próprio máximo de sete que haviam conseguido ante o V. Guimarães e que o Sp. Braga também havia igualado ante o Aves.
  • Moussa Marega bateu, também ele, o top individual de remates dentro da grande área, que era de seis e passou a ser oito. A título de curiosidade, nenhum outro jogador nas principais Ligas europeias conseguiu ficar em “branco” após rematar tantas vezes dentro da área contrária.

  • O Tondela também saiu deste jogo com uma “medalha”. Perante a avalancha ofensiva dos portistas, os beirões tiveram de recorrer ao alívio para afastar o perigo, e fizeram-no por 52 vezes, mais cinco do que o anterior registo máximo esta época, que pertencia ao Belenenses, curiosamente na visita a Tondela.