N ão se deixe enganar pelo título, se acha que a profissão de Bas Dost é jogar futebol, tememos que esteja enganado. Aliás, temos mais uma notícia chocante: poucos o fazem tão pouco como o gigante holandês.

GoalPoint-Sporting-Maritimo-LIGA-NOS-201718-MVP
Clique para ampliar

Em média, a cada jogo que faz na Liga NOS, o “camisola 28” regista 25,6 acções com bola, o número mais baixo entre todos os jogadores com mais de 360 minutos jogados, incluindo guarda-redes. Próximos de Bas Dost, encontramos apenas José Sá (26,6) e Hélder Guedes (27,5), mas isto não o impede de exercer o seu verdadeiro ofício, o de goleador. Ainda na passada semana, frente ao Marítimo, o holandês anotou um hat-trick tendo tocado na bola apenas 14 vezes, e a sua média de acções com bola por cada golo situa-se, neste momento, nuns incríveis 24,1.

[vc_table vc_table_theme=”simple”][align-center;bg#000000;c#ffffff]%23,[bg#000000;c#ffffff]Jogador,[bg#000000;c#ffffff]Clube,[align-center;bg#000000;c#ffffff]Ac%C3%A7%C3%B5es%20com%20bola%20%2F%2090m,[align-center;bg#000000;c#ffffff]Golos,[align-center;bg#000000;c#ffffff]Ac%C3%A7%C3%B5es%20com%20bola%20%2F%20Golo|[align-center;bg#c4bc2d;b]1,[bg#c4bc2d;b]Bas%20Dost,[bg#c4bc2d;b]Sporting,[align-center;bg#c4bc2d;b]25%2C6,[align-center;bg#c4bc2d;b]19,[align-center;bg#c4bc2d;b]24%2C1|[align-center]2,Edinson%20Cavani,Paris%20SG,[align-center]29%2C3,[align-center]19,[align-center]26%2C0|[align-center]3,Mauro%20Icardi,Inter,[align-center]25%2C0,[align-center]18,[align-center]26%2C8|[align-center]4,Antonio%20Sanabria,Betis,[align-center]32%2C0,[align-center]7,[align-center]32%2C8|[align-center]5,Ciro%20Immobile,Lazio,[align-center]39%2C7,[align-center]20,[align-center]34%2C3|[align-center]15,Jonas,Benfica,[align-center]54%2C2,[align-center]21,[align-center]43%2C0[/vc_table]

Jogadores com um mínimo de 5 golos em 2017/18 nas Ligas Top-5 + Liga NOS
Fonte: GoalPoint/Opta

Como se pode ver no quadro acima, nenhum jogador a nível europeu interage menos vezes com a bola até marcar um golo. Reconhecidos homens de área, como Cavani e Icardi, têm registos inferiores ao de Bas Dost, e a diferença para Jonas, melhor marcador da Liga NOS, é bem notória neste aspecto. O brasileiro tem mais do dobro do contacto com a bola do que tem o holandês.

Mas este nem é o número mais impressionante quando falamos do goleador de Alvalade. O seu escasso envolvimento no jogo é acompanhado de um baixíssimo número de remates, tendo em conta a sua função e a equipa em que joga. Bas Dost faz uma média de 2,1 remates a cada 90 minutos, algo que o coloca fora do top-30 jogadores mais rematadores da Liga NOS 17/18.

[vc_table vc_table_theme=”simple”][align-center;bg#000000;c#ffffff]%23,[bg#000000;c#ffffff]Jogador,[bg#000000;c#ffffff]Clube,[align-center;bg#000000;c#ffffff]Remates%20%2F%2090m,[align-center;bg#000000;c#ffffff]Golos|[align-center;b]1,[b]Jonas,[b]Benfica,[align-center;b]5%2C0,[align-center;b]21|[align-center]2,Moussa%20Marega,Porto,[align-center]4%2C1,[align-center]14|[align-center]3,Fabr%C3%ADcio,Portimonense,[align-center]3%2C5,[align-center]5|[align-center]4,Vincent%20Aboubakar,Porto,[align-center]3%2C5,[align-center]14|[align-center]5,Gon%C3%A7alo%20Paci%C3%AAncia,Vit%C3%B3ria%20Set%C3%BAbal,[align-center]3%2C5,[align-center]5|[align-center;u]36,[u]Bas%20Dost,[u]Sporting,[align-center;u]2%2C1,[align-center;u]19[/vc_table]

Jogadores com um mínimo de 770 minutos jogados na Liga NOS 17/18
Fonte: GoalPoint/Opta

O 36º maior rematador do nosso campeonato é também o segundo melhor marcador. E porquê? Porque Bas Dost converte em golo metade dos seus remates, algo nunca visto na Liga Portuguesa e dificilmente a nível europeu.

GoalPoint-Melhores-da-Europa-201718-Remates-Convertidos-infog
Clique para ampliar

 

Depois de ter terminado a temporada passada com uma taxa de conversão de 39,5%, o que já tinha sido o máximo da Europa (Lacazette foi segundo, com 33,3%), Bas Dost aumentou o nível na época em curso, levando uma absurda vantagem para o segundo classificado do ranking, Wayne Rooney.

Luís Suárez tinha sido o melhor em 2015/16, com 29,2% de remates convertidos, e na época anterior coube a Carlos Bacca terminar a época como ponta-de-lança mais eficaz (29,0%). Ainda assim, como se pode ver, estes números estão bem distantes dos apresentados por Dost.

Por tudo isto, não será escândalo nenhum escrevê-lo nos dias de hoje: na profissão de marcar golos, com poucos toques, poucos remates e poucos floreados, Bas Dost é dos melhores do mundo, se não mesmo o melhor. Arrisco até a dizer mais, num Sporting que estivesse (ainda) melhor sincronizado com o seu ponta-de-lança, visto que peças importantes como Gelson Martins pouco interagem com o holandês – apenas um remate de Dost nasceu do 77 – , Dost poderia atingir registos ao nível dos de Mário Jardel, com cerca de 40 golos por época.. Ainda assim, não está nada mal, não senhor.