A Brand Finance deu a conhecer o seu relatório 2015 relativo às 50 marcas (clubes) mais valiosas do futebol. No topo surge a principal mudança, com o Manchester United a saltar do terceiro posto para o primeiro (com uma avaliação de 914 milhões de euros), que era pertença em 2014 do Bayern de Munique (agora segundo) e com o Real Madrid a cair para a terceira posição (era segundo no ano passado). O campeão europeu Barcelona surge no 6º posto (586 milhões), ultrapassado pelo Chelsea e Manchester City, marcas de dimensão “recente” mas ambas com uma valorização próxima dos 600 milhões de euros.

BENFICA NO TOP 50 MAS…

O Benfica é o único clube português a marcar presença neste top-50, mais propriamente na 40ª posição (perdeu um lugar apesar de crescer 28% face a 2014) com uma valorização de 78 milhões EUR (contra 61 no ano passado). Para que se perceba melhor a dimensão do “fosso” cavado entre o “primeiro mundo” do futebol e as Ligas limítrofres o West Ham surge em 16º com uma valorização de… 158 milhões Eur ou seja mais do dobro dos “encarnados”, apesar das diferenças de histórico e dimensão europeia. Vale a pena conferir o relatório detalhado (vide link em baixo) para perceber melhor as disparidades financeiras que marcam o futebol actual.

Confira o Top-50 de 2015 da Brand Finance e clique aqui para conferir o relatório completo:

Football Finance Top 50 2015
Clique na tabela para ampliar