Benfica 🆚 Porto | Rescaldo do “clássico” em duelos 🤼

-

Desequilibradores desinspirados

GoalPoint-Duelos-SLBxFCP-Cervi-Brahimi-Liga-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

  • Deles esperava-se mais. Bem mais, em especial jogadas que desequilibrassem as defesas contrárias e criassem perigo. Mas disso pouco se viu dos extremos-esquerdos das duas equipas, como os próprios ratings demonstram.
  • Franco Cervi conseguiu estar uns furos acima de Brahimi. O argentino esteve apenas 71 minutos em campo, contra os 94 do argelino, mas ainda assim conseguiu ter mais acções com bola, 48, contra as 40 do portista. Cervi conseguiu o único remate enquadrado de entre os dois e o único passe para finalização, sendo que ainda registou três acções defensivas.
  • Brahimi destacou-se, sobretudo, naquilo que sabe fazer como ninguém, o drible, completando seis de sete, mas não deu sequência a esses movimentos, registando três remates desenquadrados e nenhum passe para finalização. Esteve bem apenas no passe simples, com 82% de eficácia, mas até na ajuda colectiva esteve apagado, não registando qualquer acção defensiva.

GoalPoint-Duelos-SLBxFCP-Rafa-Marega-Liga-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

  • As duas gazelas do jogo. Ainda assim, apesar de discreto, o extremo do Benfica, Rafa, esteve uns furos acima do atacante do FC Porto, Moussa Marega, que tanto caía na faixa direita como eixo de ataque. Contudo, ambos foram relativamente inofensivos para as defesas contrárias.
  • Rafa brilhou sobretudo nos dribles, conseguindo completar metade das seis que tentou, mostrando ter uma velocidade mais do que os seus adversários. Porém, o benfiquista fez apenas dez passes, com eficácia em seis, e arrancou um remate, desenquadrado, não realizando qualquer passe para finalização. Pouco, muito pouco.
  • Marega foi o pior do “clássico”, essencialmente por algo que o tem caracterizado nos jogos contra os “grandes”. No total, o maliano soma já dez ocasiões flagrantes desperdiçadas frente a Benfica e Sporting, cinco frente a cada um dos adversários, sendo que na Luz falhou duas.

GoalPoint-Duelos-SLBxFCP-Jimenez-Soares-Liga-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

  • O mexicano rematou duas vezes, nenhuma enquadrada, e não passou dos 63% de eficácia de passe, embora tenha criado uma ocasião flagrante desperdiçada por Pizzi. No entanto, foi presa fácil para os centrais portistas, ganhando apenas cinco dos 14 duelos individuais que disputou.
  • Soares, por seu turno, apenas tentou o remate uma vez, desenquadrado, e acertou somente 67% dos 15 passes que fez (nenhum para finalização). Contudo, esteve bem melhor que o benfiquista nos duelos aéreos, ganhando cinco de nove, e teve sucesso em dois dribles. Ainda assim nada que tivesse atemorizado a defesa contrária.

Estes foram alguns dos principais duelos que se viram domingo na Luz. Um jogo decidido em apenas um lance, sendo que para a história ficam vários desempenhos individuais bem abaixo do esperado. Os que fizeram a diferença, fizeram-no também no resultado.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.