Boas pessoal! Antes de mais tenho de enfrentar o “elefante” na sala. Após uma entrada à Antunes na minha primeira semana de previsões, a verdade é que me “esbardalhei” ao comprido na semana passada, e o pior é que a coisa me saiu “do pêlo”. Passo a explicar.

O meu arranque de sucesso entusiasmou o Sr. Américo, um viúvo que passou lá em casa uma vez para reparar uns canos e, desde então, aparece quase todas as noites para ver uns filmes clássicos no Hollywood, com a senhora minha mãe. Vai daí ele apostou parte da reforma mensal nas minhas últimas dicas. Está bom de ver o que sucedeu: na última segunda-feira, ainda faltava jogar-se uma tip e já eu estava a levar um bofetão, ao abrir-lhe a porta de casa. O segundo chegou no dia seguinte, concluída a jornada, este com tal eco que fez a minha mãe descer as escadas a correr, convencida que o Américo não só tinha trazido bifes para o jantar como já os estaria a bater na cozinha.

Está bom de ver que não só não me apetece continuar a apanhar, pelo que esta semana tenho de recuperar o meu crédito, junto do Sr. Américo e de todos vocês, que seguem as minhas dicas.

Boa sorte e joga com responsabilidade!

 

Belenenses 🆚 Santa Clara

06.04.2019 (15h30)

GoalPoint-Preview-Jornada28-Belenenses-Santa-Clara-LIGA-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

A derrota no Bessa deixou os “azuis” do Belenenses SAD a sete pontos do desejado quinto lugar, enquanto o Santa Clara está seguro no oitavo posto, após vitória no passado fim-de-semana. Os açorianos marcaram apenas uma vez nos seus últimos cinco jogos fora desde Janeiro, enquanto o Belenenses SAD vai-se caracterizando pelo seu baixo volume de criação ofensiva. Os lisboetas utilizam a posse mais como estratégia de segurança defensiva – lideram o campeonato em passes no seu próprio meio-campo (256,6) – do que de como via para a criação, sendo mesmo a equipa com menos remates na Liga durante as últimas oito partidas (9,2). Já o Santa Clara é a terceira formação com menos remates na área (5) no mesmo período, pelo que golos não irão aparecer com facilidade nesta partida.

Menos de 1,5 golos @ 2.39

 

Nacional 🆚 Aves

06.04.2019 (15h30)

GoalPoint-Preview-Jornada28-Nacional-Aves-LIGA-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

Cada vez mais destacado como a pior defesa da Liga NOS, o Nacional de Costinha sofreu dois golos ou mais em sete das suas últimas dez partidas para o campeonato – com as estatísticas a corroborar esta tendência negativa, já que mantém uma média muito elevada de ocasiões flagrantes permitidas (2,1) ao longo dos últimos oito jogos. Os madeirenses são ainda, de forma destacada, a equipa que maior sucesso nos duelos aéreos ofensivos na área permite aos adversários (63%) e a terceira equipa que mais faltas comete no seu primeiro terço (3,7) – todos estes factores misturados, frente a uma das equipas que mais perigo cria através de bolas paradas na Europa, tem tudo para não correr bem. Com um Nacional tendencialmente ofensivo, a jogar em casa, espera-se golos com fartura.

Mais de 2,5 golos @ 1.89

 

Vitória SC 🆚 Chaves

06.04.2019 (18h00)

GoalPoint-Preview-Jornada28-Vitória-SC-Chaves-LIGA-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

A derrota nos Açores frente ao Santa Clara significou a queda para o sexto lugar, estando o Vitória SC agora a três pontos do Moreirense na luta por um lugar europeu. Mas no “castelo” os homens de Luís Castro têm estado muito fortes: sofreram apenas sete golos (melhor defesa caseira do campeonato) e só os quatro primeiros somaram mais pontos no seu estádio. Do outro lado um Chaves que, agora sob o comando de José Mota, se vai mantendo nos lugares de descida. Os transmontanos são a equipa da Liga com mais derrotas e a segunda com menos golos marcados fora de casa. Frente a um Vitória particularmente sólido defensivamente, vão ter ainda a dificuldade extra de ultrapassar Douglas – o brasileiro volta de lesão e tem sido um dos melhores guarda-redes do campeonato.

Triunfo do Vitoria SC e Ambas Equipas Marcam (Não) @ 2.14

Nota: As odds propostas são provenientes da oferta de apostadoras licenciadas em Portugal, à data da publicação do artigo.