A 32ª jornada da Liga italiana poderia ter dado já campeão, mas a derrota da Juventus na casa do SPAL adiou a questão do título. Assim, tratou-se de mais um dia normal na Serie A… ou nem por isso. Esta segunda-feira, a Atalanta recebeu o Empoli e esmagou ofensivamente o seu adversário, fixando um novo registo máximo de remates de uma só equipa num jogo esta época nas principais Ligas europeias. Extraordinariamente, não houve golos nesta partida…

Atalanta-remates-Facto-do-Dia-infog
Clique para ampliar

Ao todo, a formação de Bérgamo realizou 47 remates, tendo enquadrado 18 deles – contra somente três disparos do Empoli, um na direcção da baliza. Desses, 32 foram realizados dentro da grande área contrária. Ainda assim, não conseguiu fazer qualquer golo. Papu Gómez, com nove “tiros”, foi o mais rematador (4 enquadrados), seguindo-se Josip Ilicic, com oito (3).

Com este “bombardeamento”, a Atalanta tornou-se na formação que mais remates realizou esta época nas principais Ligas europeias, num só jogo – “top 5” mais Liga NOS. Longe dos 47 disparos, em segundo lugar, está agora o Liverpool, com 36 remates no triunfo sobre o Manchester United, por 3-1, em Dezembro último, que ditou o despedimento de José Mourinho. Seguem-se 34 da Fiorentina ao Parma.

Este tornou-se, também, no encontro com mais remates, num total de 50, batendo os 46 que se verificaram no louco empate 4-4 entre Eibar e Levante, também em Dezembro. Quanto a remates enquadrados, o máximo foi fixado no Espanyol-Girona (21), em Novembro do ano passado, seguindo-se os 20 que aconteceram na Liga NOS, no Braga-Nacional (4-2), em Agosto passado. No que toca a equipas, o recorde de enquadrados pertence mesmo à Atalanta, com os tais 18 na noite de segunda-feira.

Em Portugal, para além do número que referimos acima, o jogo com mais remates aconteceu no Tondela-Portimonense (3-2) do último dia 8 de Abril, sendo que o FC Porto é dono do maior número de disparos num só desafio (31), na vitória por 1-0 em casa sobre o Tondela, em Setembro passado, enquanto o Benfica soma o máximo de enquadrados (14), na histórica goleada por 10-0 em casa sobre o Nacional.