Bosman: enriqueceu jogadores mas vive com 570 euros

Jean-Marc Bosman faz o balanço vinte anos após ter mudado o futebol europeu e mundial.

Jean-Marc Bosman deu uma entrevista na qual ilustra um daqueles paradoxos difíceis de acreditar à primeira: 20 anos após vencer um processo judicial que possibilitou a todos os jogadores a livre circulação no espaço europeu.

O consequente aumento da procura fez disparar os níveis salariais até ao nível que conhecemos hoje. Mas apesar de ter contribuído decisivamente para o enriquecimento dos colegas de profissão Bosman vive no extremo oposto de Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi, subsistindo com 570 euros mensais, segundo o próprio.

Bosman deu uma entrevista ao site Goal.com na qual analisa as consequências que a mudança que liderou há duas décadas atrás teve na sua vida pessoal.