Castro Máximo no topo da Pedreira ⚔️

-

André Castro está a mostrar-se um daqueles casos de um regresso feliz a Portugal, talvez contra as expectativas de muitos. O jogador formado no FC Porto, que no campeonato luso teve um empréstimo ao Olhanense, fez grande parte da carreira no estrangeiro, em Espanha e, sobretudo, na Turquia, de onde saiu, do Goztepe, para abraçar um novo projecto, no Sporting de Braga, de Carlos Carvalhal. E é caso para dizer que esta decisão de carreira, ainda que aos 32 anos, promete ser uma daquelas para recordar pelos melhores motivos.

Andámos a vasculhar alguns números de Braga e Sporting, uma vez que os dois conjuntos têm marcado encontro já neste dia 2 de Janeiro, em Alvalade, no primeiro jogo da Liga NOS em 2021. E os desempenhos de André Castro no nosso campeonato até ao momento não nos passaram despercebidos. O médio-centro, que pode actuar também como médio-ofensivo, não deverá estar nesse jogo da 12ª jornada, dentro de poucos dias, por indisponibilidade física, mas tal como no caso de Al Musrati, outro dos reforços desta época, e que já destacámos, a sua influência no futebol “arsenalista” é por demais notório, e os seus números rivalizam com os médios em melhor forma dos chamados “três grandes”.

[ O desempenho acumulado de André Castro na Liga NOS 2020/21 ]

GoalPoint-Portuguese-Primeira-Liga-2018-André-Castro-2-infog
Clique para ampliar

Aguerrido, com energia inesgotável, capacidade de choque, boa qualidade na condução e no controlo de bola, bem como no passe e na aproximação à baliza adversária, estas são as principais características de um jogador que tem o perfil de um “patrão” do meio-campo, que garante equilíbrios, mas também desequilíbrios ofensivos.

[ André marcou logo na 1ª jornada, na derrota em casa do Porto por 3-1… e não festejou ] 

Esta época somou já duas assistências e um golo em dez partidas e, em comparação com outros jogadores da sua posição a actuar nos quatro primeiros classificados, só mesmo Sérgio Oliveira 6.57, do FC Porto, apresenta um GoalPoint Rating melhor que Castro. Tal como o portista, o bracarense regista, nesta fase, uma média de 0,9 passes para finalização por 90 minutos, e em termos defensivos “goleia” outros consagrados da posição no Top 4 luso, com 7,2 acções defensivas, mas também com 7,2 recuperações de posse, 4,8 no meio-campo contrário, 3,3 desarmes.

[ A grande exibição na visita a Tondela ]

GoalPoint-Tondela-Braga-Liga-NOS-202021-2-MVP
Clique para ampliar

Na primeira vitória do Braga nesta Liga, à terceira jornada, goleada na casa do Tondela por 4-0, Wenderson Galeno pode ter sido a estrela do encontro, com uma prestação extraordinária que quase lhe valeu nota máxima, mas Castro foi a alma e o coração da equipa de Carlos Carvalhal, realizando a sua melhor exibição até ao momento pelos “guerreiros”, no passe, mas especialmente nos momentos defensivos, com cinco desarmes, quatro intercepções e 12 recuperações de posse.

No segundo dia de 2021, os minhotos viajam a Lisboa para defrontar o Sporting e não poderão contar com este autêntico “rochedo” no seu meio-campo. Nas costas do topo Sul da “Pedreira” ergue-se o Monte de Castro, ou Castro Máximo, uma elevação rochosa bem visível – repare aquando das transmissões televisivas dos jogos do Braga – que albergou um povoado e fortificação há muitos séculos, e que terá sido abandonado entre o século I a.C. e o início do século I d.C. “Lá estão eles armados em intelectuais”, estará a pensar o caro leitor, mas era difícil não pensar no Castro, o André, no topo do futebol bracarense esta época, nos pontos mais altaneios do Municipal de Braga.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.