Chaves 🆚 Sporting | Dost voa sozinho em Chaves

-

[vc_tta_tabs][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-line-chart” add_icon=”true” title=”GoalPoint Ratings” tab_id=”1465571624475-01e55dfc-58e2″]
GoalPoint-Chaves-Sporting-LIGA-NOS-201617-Ratings
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_position=”right” i_icon_fontawesome=”fa fa-trophy” add_icon=”true” title=”Melhor em Campo ” tab_id=”1465571693503-4a0f9bf6-e654″]
GoalPoint-Chaves-Sporting-LIGA-NOS-201617-MVP
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”45m” tab_id=”1465571624614-ba177b16-4154″]
GoalPoint-Chaves-Sporting-LIGA-NOS-201617-45m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”90m” tab_id=”1465571672809-6f7d6717-7b04″]
GoalPoint-Chaves-Sporting-LIGA-NOS-201617-90m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][/vc_tta_tabs]

O Sporting não soube aproveitar o empate do Benfica na Luz e empatou também na visita a Chaves (2-2), num jogo onde esteve a perder… e a ganhar e acabou por se deixar empatar aos 87 minutos pelo já aqui referido Fábio Martins.

O Jogo explicado em Números 📊

  • Os flavienses entraram praticamente a ganhar, chegando ao golo aos quatro minutos, por Rafael Lopes, de cabeça, após cruzamento do irrequieto Perdigão na ala direita. Os da casa facturavam no primeiro remate do jogo, eficácia total.

  • O Sporting dominava a posse perto dos 15 minutos (73%) mas era o Chaves que criava mais perigo com lançamentos longos, transições rápidas e cruzamentos, que iam dando trabalho à defesa leonina. Por esta altura os “verde-e-brancos” somavam dois remates, mas ainda nenhum enquadrado.
  • Ambas as equipas procuravam sobretudo o seu flanco direito para conduzir os seus ataques –  49% o Chaves, 41% o Sporting – , e com o aproximar do intervalo as equipas equivaliam-se nos remates (3-4), apesar da tentativa constante dos “leões” em remeter os da casa para a sua defesa.
  • Aos 46 minutos, aparecia… o herói de sempre, Bas Dost, a empurrar para a baliza a assistência de Gelson, naquele que era o primeiro remate enquadrado dos “leões” na partida.

  • Intervalo Rafa Lopes 6.2 (golo), pelo Chaves, e Adrien Silva 6.1, pelo Sporting, (90% de passes certos, sete duelos e nove recuperações de posse ganhos) eram os homens em destaque nos  GoalPoint Ratings , seguidos por Perdigão 5.9 e o inevitável Bas Dost 5.9, que com maior ou menor produção é cada vez mais um incontornável influente.
  • Jesus lançou Bryan Ruiz e André para os lugares de Campbell e Alan Ruiz, criando assim condições para um “leão” mais afoito no início da segunda parte, somando três remates (dois deles enquadrados) até aos 65 minutos, isto sem no entanto fazer desaparecer totalmente o Chaves, que no mesmo período fez dois disparos e até recuperou alguma posse, de 24% na primeira parte para os 31%, embora sem criar perigo.

  • Aos 74 minutos surgia aquele que parecia o momento fulcral no jogo: o Sporting acabara de perder Rúben Semedo (duplo amarelo) mas ganhava outro golo do decisivo Dost, o 13º na Liga, desta feita a passe de André. Os “leões” passavam para a frente ao quarto remate enquadrado. Jesus tiraria o avançado imediatamente após o golo, lançando Paulo Oliveira, para segurar avantagem.
  • Puro engano: Aos 87 minutos aparecia Fábio Martins, um jogador em plano de evidência crescente na Liga, a marcar (mais) um grande golo e a definir o empate, que não mais viria a ser contrariado até ao apito final. O Sporting via assim escapar-lhe entre os dedos a hipótese de se aproximar do líder da prova.

O Homem do Jogo 👑

Se o Sporting perdeu até agora tantos pontos quantas as jornadas disputadas então Bas Dost será o último responsável por esse facto. O holandês esteve novamente em noite de “matador”, concretizando dois dos quatro remates de que dispôs e ainda recuperando três vezes a posse, algo que nem lhe é muito habitual. Acabou como Homem do Jogo GoalPoint Ratings com 7.6. Assim o ditou o algoritmo, assim votaram também os leitores.

 

Jogadores em foco 🔺🔻 

  • Fábio Martins 7.4 – É um jogador uma classe acima neste Chaves. Para além do golaço que (re-)empatou a partida, criou duas ocasiões e mostrou o habitual voluntarismo a defendern com quatro desarmes.
  • Adrien Silva 6.4 – Não se notou nada que passou pelo hospital esta semana. Ninguém recuperou mais vezes a posse de bola que ele (10) ou fez mais desarmes (4).
  • Rafael Lopes 6.4 – Marcou o primeiro golo da partida e foi um pesadelo no jogo aéreo para quem se cruzou com ele, ganhando sete dos seus dez duelos.
  • Rui Patrício 5.0 – Sofreu dois golos sem ter feito qualquer defesa, algo que já não é a primeira vez que acontece esta época.

Resumo💻

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR