TotoRating Banner

GoalPoint-Chelsea-Man-Utd-English-Premier-League-201920-Ratings
Clique para ampliar

O Manchester United foi a Stamford Bridge realizar uma excelente exibição e vencer o Chelsea por 2-0. Um resultado que permitiu aos “red devils” fixar-se no sétimo posto da classificação, estreitando para três os pontos de desvantagem em relação aos “blues” de Londres. O português Bruno Fernandes não esteve muito em jogo, mas o que fez, fê-lo bem, organizando quase todo o futebol ofensivo do United, e registando uma assistência, para o 2-0.

O Chelsea dominou a primeira parte, com 54% de posse de bola, mas teve só mais um remate que os visitantes (7-6), sendo que apenas os forasteiros enquadraram um remate. E logo um que deu golo, com Anthony Martial a desviar de cabeça um cruzamento de Wan-Bissaka, aos 45 minutos.

Os homens da casa pegaram em definitivo no jogo após o intervalo, altura em que Bruno Fernandes desapareceu um pouco do jogo, face à pouca posse de bola dos visitantes (30%). Zoma viu um golo ser anulado, que dava o empate aos londrinos, e aos 66 minutos, Harry Maguire acorreu a um canto cobrado por Bruno Fernandes na esquerda para cabecear certeiro para o 2-0. Até final, o Chelsea bem tentou chegar ao golo, até marcou por Olivier Giroud, mas o tento também foi anulado, pelo que o resultado manteve-se inalterado até final.

O melhor em campo foi mesmo o central do United, autor do segundo golo, com um brilhante GoalPoint Rating de 8.9. Maguire esteve muito bem no passe longo (seis certos em nove) e no progressivo, com oito eficazes, e ainda venceu dois de quatro duelos aéreos ofensivos, fez oito recuperações de posse e somou 15 acções defensivas, entre elas cinco intercepções. Bruno Fernandes, com 5.5, destacou-se pela assistência e pelos três passes para finalização.