A época de Pizzi esteve algo longe do melhor que o médio já apresentou ao serviço do Benfica, em especial se levarmos em conta o desempenho que registara em 2016/17, quando se cotara como o melhor jogador da Liga NOS na temporada do “tetra” benfiquista. Ainda assim, o internacional português terminou 17/18 com alguns números bem interessantes.

Neste período antes do arranque da nova temporada, e com as atenções viradas para o Mundial da Rússia, são muitas as notícias e rumores que associam jogadores dos “três grandes” a saídas milionárias ou que apontam para chegadas de atletas para os candidatos habituais ao título luso. Algumas apontaram para a transferência de Pizzi para outras paragens, mas há também fortes indícios da chegada de nomes para o meio-campo benfiquista. O mais forte é o de Josuha Guilavogui – veja o comparativo do francês com Fejsa, bem como outras transferências e rumores (link) -, médio gaulês do Wolfsburgo que pode jogar a médio-defensivo ou a médio-centro.

Aproveitando a nossa rubrica “Cinco duelos com…” – confira as de Rui Patrício e de Yacine Brahimi -, comparámos a época de Pizzi com a de outros médios-centro em destaque nas cinco principais Ligas europeias, incluindo nelas também Guilavogui, “representante” da Bundesliga, e que pode chegar à Luz como alternativa ao português… ou para lhe fazer uma incómoda sombra. Confira.