Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar

O Manchester City de Guardiola decidiu reforçar a intenção de disputar o título com o Liverpool até ao fim e em estilo, goleando o Chelsea por seis golos sem resposta, num jogo em que já vencia por quatro aos 25 minutos.

Aguero (três golos) e Sterling (dois tentos) foram as figuras da tarde, com o extremo inglês a conquistar o MVP GoalPoint, não só pelos golos mas também pelos desequilíbrios constantes que provocou na desorientada defesa “blue”. Por fim uma referência também para o jovem ucraniano Oleks Zinchenko, autor de duas assistências na goleada histórica.