Os defensores da teoria de que é uma boa defesa que faz um campeão quererão rever a sua tese: a Colômbia foi eliminada da Copa América 2019 nos quartos-de-final… sem ter sofrido qualquer golo durante o tempo regulamentar, nas quatro partidas disputadas.

GoalPoint-Colombia-Chile-Copa-America-2019-Ratings
Clique para ampliar

A verdade é que, terminando o jogo com o mesmo desfecho, esta curiosidade estatística podia não ter sucedido. Na partida a eliminar frente ao Chile foram os detalhes identificados pelo VAR a impedir que a baliza de Ospina fosse “inaugurada”, e logo em duas ocasiões. O actual bicampeão da prova justificou, assim, durante o encontro, o desfecho definido na marcação das grandes penalidades, num jogo em que a Colômbia somou apenas seis disparos.

Num jogo de “apagão” para figuras como James, Falcao ou Alexis, acabou por ser o lateral-direito Maurício Isla (Fenerbahçe) a destacar-se como melhor em campo GoalPoint, com um rating de 6.5.

GoalPoint-Colombia-Chile-Copa-America-2019-MVP
Clique para ampliar

A Copa América prossegue com um Uruguai-Peru que definirá o último semi-finalista, numa altura em que já sabemos que, na próxima madrugada “portuguesa” de quarta-feira, assistiremos a um escaldante Brasil-Argentina.