Croácia 🆚 Escócia | Croatas de trivela rumo aos “oitavos”

-

ACroácia sofreu, mas conseguiu carimbar presença nos oitavos-de-final do Euro 2020. Esta terça-feira, os vice-campeões do Mundo derrotaram a Escócia por 3-1. Os escoceses foram a única selecção deste Grupo D a não passar este “estágio” da competição. A Inglaterra venceu o agrupamento, ficando à frente de croatas e checos. Os golos foram assinados por Vlasic, McGregor, Modric e Perisic.

GoalPoint-Croatia-Scotland-EURO-2020-Ratings
Clique para ampliar

Talento croata marcou a diferença

Primeira parte intensa e repartida no Hampden Park, em Glasgow. No período em que a pressão dos escoceses era mais intensa, Vlasic, na primeira vez que os croatas fizeram um remate ao alvo, marcou. Quando o predomínio era da Croácia, Callum McGregor restabeleceu a igualdade, naquele que foi o primeiro tento da Escócia na prova.

Acossada com o empate ao intervalo, a Croácia puxou dos galões, começou a controlar o encontro, desperdiçou duas ocasiões – Gvardiol aos 50 minutos e Petkovic aos 56 – e ganhou vantagem através de uma obra-de-arte pintada por Modric, a fazer recordar a famosa trivela que tem a chancela de Ricardo Quaresma. Quando a 13 minutos dos 90, Perisic cabeceou com acerto, estava carimbado o 3-1 final, um rude golpe para uma Escócia que nunca desistiu, mas que se viu sem tempo para operar um milagre. Ao sexto confronto, foi a primeira vez que os escoceses – duas vitórias e três empates – perderam diante do opositor desta noite.

[ Modric foi o habitual “patrão” croata ]

GoalPoint-Croatia-Scotland-EURO-2020-pass-network
Clique para ampliar

O MVP GoalPoint👑

Vlasic foi uma das surpresas no “onze” da Croácia e, durante os 73 minutos em que esteve em campo, deu razão a quem nele apostou. Rápido e mortífero, inaugurou o marcador no único remate que fez, carimbou dois passes valiosos, um passe para finalização, contabilizou ao todo 40 acções com a bola e não falhou nenhum dos três dribles que arriscou. O jogador do CSKA de Moscovo foi o MVP do encontro com um GoalPoint Rating de 7.4.

 

Outros GoalPoint Ratings 🔺🔻

Destaques da Croácia:

Perisic 6.9 – O ala do Inter foi determinante e um dos principais arquitectos do triunfo croata com um golo, em quatro remates, uma assistência, três passes para finalização e oito acções com o esférico na área contrária (máximo na partida).

Modric 6.8 – A idade não passa pelo médio de 35 anos. Qual formiguinha, esteve em todo o lado e, aos 62 minutos, desferiu a trivela que colocou a selecção que defende na rota dos oitavos-de-final. Além do golaço, construiu cinco passes valiosos, sete passes longos, oito aproximações e foi quem mais teve acções com a bola entre todos os intervenientes: 115. O atleta do Real Madrid tornou-se no primeiro médio a fazer o gosto ao pé em três fases diferentes de Europeus. 

Destaques da Escócia:

McGregor 6.8 – Ainda deu esperanças com a excelente finalização que empatou o encontro. Sempre esclarecido, falhou apenas três dos 33 passes tentados, recuperou a posse em três ocasiões e fez três intercepções.

McTominay 6.0 – O jogador do Manchester United rubricou uma “performance” sólida com dois remates, quatro acções com o esférico na área adversária, duas faltas sofridas e dois passes/cruzamentos bloqueados.

Leonel Gomes
Leonel Gomes
Amante das letras, já escreveu nos jornais A Bola, Público e o O Jogo, dedicando-se também ao Social Media Management desde 2014. Tornou-se GoalPointer na "janela de mercado" do verão de 2019.