bonus-60-goal-point-parceiros-apostas-desportivas-700x90
A Liga NOS pode ficar decidida este domingo. Nesta 33ª jornada, FC Porto e Benfica entram em campo com o título na mira e, caso os “encarnados” vençam e os “azuis-e-brancos” percam pontos, o campeonato fica entregue à formação lisboeta. Se tal situação não se verificar, tudo ficará por decidir na derradeira jornada, na próxima semana.

Seja como for, a emoção está garantida para o que resta desta ronda, com os portistas a visitarem o Nacional da Madeira às 17h30 e os benfiquistas a jogarem um potencialmente perigoso jogo no reduto do Rio Ave, às 20h00 – num dos embates mais complicados da formação de Bruno Lage nesta segunda volta.

Nacional 🆚 Porto: sobrevivência e glória

O jogo na Choupana tem a curiosidade de ser uma espécie de “tudo ou nada” para as duas equipas. O Nacional está abaixo da “linha de água” e só a vitória lhe interessa para continuar a sonhar com a manutenção – embora possa até entrar despromovido em campo, dependendo da combinação de outros resultados noutras paragens. Os “dragões” também só podem pensam em ganhar, nesta luta sem tréguas pelo primeiro lugar.

GoalPoint-Preview-Jornada33-Nacional-Porto-LIGA-NOS-201819-1-infog
Clique para ampliar

Este será um jogo teoricamente muito desequilibrado, pelas posições que ocupam na tabela, mas os últimos cinco encontros têm a curiosidade de mostrar um Nacional mais produtivo do que se julga. Para além de ter realizado uma média de remates apenas um pouco inferior à do Porto, conseguiu mesmo colocar mais vezes a bola nas áreas adversárias e somou mais cantos.

O problema é mesmo a fragilidade defensiva, com 13,8 remates permitidos a cada 90 minutos, o que se reflecte nos golos sofridos e nos expected goals (xG) consentidos – algo em contraste completo com o que conseguem os portistas. A ter em conta os números, poderemos esperar um Nacional afoito e com iniciativa, mas indefeso perante a capacidade de um Porto que não vacila no ataque.

Factos e curiosidades

  • O Nacional não venceu nenhum dos últimos sete encontros com o Porto na Liga, com um empate e seis derrotas pelo meio e cinco desaires consecutivos. A equipa madeirense sofreu 20 golos nos últimos cinco desafios, uma média de quatro por jogo.
  • O Porto somou 50 pontos nos últimos 57 em disputa com o Nacional na Liga – correspondente a 16 vitórias, dois empates e uma derrota. A última vez que os “dragões” não venceram os nacionalistas na prova foi em Março de 2015, num empate 1-1 no Estádio da Madeira.
  • O Nacional sofreu pelo menos um golo num dos últimos 19 jogos frente ao Porto na Primeira Liga, num total de 53. A última vez que manteve a baliza inviolada aconteceu há mais de dez anos, em Maio de 2008.
  • O Porto manteve a baliza fechada em 12 dos últimos 18 jogos frente ao Nacional na Liga portuguesa, sofrendo apenas sete tentos no total.
  • O Nacional não ganhou nenhum dos três últimos jogos em casa na Liga, somando uma derrota e dois empates, e não marcou qualquer golo nesses desafios. Os insulares não facturam há 277 minutos em casa, tendo o último golo sido apontado por Vítor Gonçalves frente ao Tondela, em Março.
  • O Porto procura a 14ª partida fora de casa sem perder na Liga, registando neste momento nove triunfos e quatro empates em 13 desafios.
  • Cerca de 24% dos golos do Nacional na primeira Liga esta época aconteceram de grande penalidade (8/33), a percentagem mais alta de qualquer equipa.
  • O Porto sofreu apenas 19 golos na Liga esta época, sendo que nenhuma outra equipa sofreu tão pouco, tanto na primeira parte dos jogos (7) como na segunda (12).

Na próxima página: Benfica joga título nos Arcos