O Porto de Sérgio Conceição definiu um novo máximo de “alertas de perigo iminente” num jogo da Liga NOS. O “dragão” somou nada menos do que nove ocasiões flagrantes frente ao Paços de Ferreira, à nona jornada da Liga NOS 2017/16, convertendo seis dessas situações. Novidade? Ambos os registos são novos máximos da Liga desde que existe GoalPoint (2014).

GoalPoint-Porto-Pacos-LIGA-NOS-201718-Ratings
Os números do jogo que definiu o novo máximo da Liga. Clique aqui para ler mais sobre o jogo

Mas afinal o que é uma ocasião flagrante?

A dúvida é talvez o motivo de discussão mais popular entre quem nos segue, e claramente a variável que mais vezes temos de definir no esclarecimento de dúvidas.

Importa então esclarecer que a definição de ocasião flagrante, com base no critério Opta (a nossa fonte estatística), compreende uma situação de remate na qual o rematador se encontra com apenas um adversário entre ele e o golo (qualquer frente-a-frente com o guarda-redes, por exemplo) ou mesmo nenhum (ex.: lance de Bryan Ruiz em Alvalade, no Sporting – Benfica da Liga 2015/16).

Ou seja, a classificação de um momento de jogo como ocasião flagrante depende do contexto posicional de jogador(es) e bola no seu início e não do seu desenvolvimento, execução ou desfecho (se o remate é muito violento, se a bola vai ao poste, se ressalta em alguém e quase entra, etc), factores que costumam definir, à posteriori, na memória do adepto de futebol, a “perigosidade” de um lance. É esta diferença que costuma confundir o adepto comum, que invariavelmente espera, por exemplo, que qualquer golo surja incluído na contabilidade de ocasiões flagrantes.

Avalanche portista define novo máximo

O “top 10” de jogos da Liga NOS que, desde 2014/15, registam maior número de ocasiões flagrantes criadas por uma equipa é naturalmente dominada pelas equipas tradicionalmente mais ofensivas da Liga e, curiosamente, os “dragões” já repartiam o anterior máximo com o Benfica. Eis os dez jogos em que o “cara-a-cara com o golo” foi mais vezes repetido na nossa Liga:

[vc_table vc_table_theme=”simple”][bg#000000;c#ffffff]Jogo,[bg#000000;c#ffffff;align-center]Liga,[bg#000000;c#ffffff;align-center]Equipa,[bg#000000;c#ffffff]Ocasi%C3%B5es,[bg#000000;c#ffffff]Concretizadas|[b;bg#eeee22]Porto%20vs%20Pa%C3%A7os,[align-center;b;bg#eeee22]2017%2F18,[align-center;b;bg#eeee22]Porto,[align-center;b;bg#eeee22]9,[align-center;b;bg#eeee22]6|Porto%20vs%20Estoril,[align-center]2014%2F15,[align-center]Porto,[align-center]8,[align-center]5|Benfica%20vs%20Estoril,[align-center]2014%2F15,[align-center]Benfica,[align-center]8,[align-center]5|Sp.%20Braga%20vs%20Mar%C3%ADtimo,[align-center]2015%2F16,[align-center]Sp.%20Braga,[align-center]8,[align-center]4|Sporting%20vs%20Sp.%20Braga,[align-center]2015%2F16,[align-center]Sporting,[align-center]8,[align-center]3|Belenenses%20vs%20Sporting,[align-center]2015%2F16,[align-center]Sporting,[align-center]8,[align-center]3|FC%20Porto%20vs%20Sp.%20Braga,[align-center]2016%2F17,[align-center]Porto,[align-center]8,[align-center]1|Benfica%20vs%20Mar%C3%ADtimo,[align-center]2015%2F16,[align-center]Benfica,[align-center]7,[align-center]5|Benfica%20vs%20V.%20Guimar%C3%A3es,[align-center]2016%2F17,[align-center]Benfica,[align-center]7,[align-center]3|Porto%20vs%20Penafiel,[align-center]2014%2F15,[align-center]Porto,[align-center]7,[align-center]2[/vc_table]

“Dragão” iguala “guerreiros” nos plenos

Conforme já referido, os “dragões” definiram também um novo máximo de ocasiões concretizadas num só jogo, com a nuance de todos os seus golos terem surgido na sequência de ocasiões flagrantes, ultrapassando um lote de seis jogos nos quais, desde 2014/15, haviam sido concretizadas cinco ocasiões capitais.

Curiosamente é neste “sortido” de encontros que encontramos os maiores “plenos” (jogos em que as equipas concretizaram todas as ocasiões que criaram), lote no qual os “dragões” se incluíram, também nesta época, no jogo em que defrontaram e venceram o Portimonense. São três os encontros em que as equipas criaram e confirmaram as cinco ocasiões flagrantes de que dispuseram e aqui brilha outra equipa nortenha, o Sporting de Braga, que chama a si dois dos três registos perfeitos mais “gordos”, o último estabelecido na última época.

[vc_table vc_table_theme=”simple”][bg#000000;c#ffffff]Jogo,[bg#000000;c#ffffff;align-center]Liga,[bg#000000;c#ffffff;align-center]Equipa,[bg#000000;c#ffffff]Ocasi%C3%B5es,[bg#000000;c#ffffff]Concretizadas|[b;bg#eeee22]Porto%20vs%20Portimonense,[align-center;b;bg#eeee22]2017%2F18,[align-center;b;bg#eeee22]Porto,[align-center;b;bg#eeee22]5,[align-center;b;bg#eeee22]5|Sp.%20Braga%20vs%20Feirense,[align-center]2016%2F17,[align-center]Sp.%20Braga,[align-center]5,[align-center]5|Penafiel%20vs%20Sp.%20Braga,[align-center]2014%2F15,[align-center]Sp.%20Braga,[align-center]5,[align-center]5[/vc_table]