GoalPoint-Spain-Croácia-Nations-League-2018-Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint-Spain-Croácia-Nations-League-2018-MVP
Clique para ampliar
GoalPoint-Spain-Croácia-Nations-League-2018-90m
Clique para ampliar

A Espanha deixou uma mensagem clara aos seus adversários na Liga das Nações sobre o seu poderio, com Luis Enrique ao leme. A “la roja” recebeu e venceu a vice-campeã do Mundo, a Croácia, por 6-0, numa exibição portentosa em jogo do Grupo 4. A grande figura da partida foi o médio do Real Madrid, Marco Asensio.

Num encontro praticamente de sentido único, em especial pela avassaladora superioridade espanhola em termos de posse de bola, de notar o facto de, no final, os números ofensivos da Espanha não serem especialmente desequilibrados em relação à Croácia. O grande factor decisório foi mesmo a grande eficácia da “la roja”, que terminou com 16 remates, sete deles enquadrados. Portanto, seis golos em sete bolas com boa direcção, embora um dos tentos tenha sido autogolo do guarda-redes Lovre Kalinic.

Saúl Ñíguez, Marco Asensio, Rodrigo Moreno, Sergio Ramos e Isco marcaram os restantes tentos da Espanha que, como referimos, rematou mais (16, sendo 12 deles dentro da área contrária), teve 71% de posse de bola, somou oito cantos para nenhum dos homens dos Balcãs e registou impressionantes 94% de eficácia de passe.

O melhor em campo foi Asensio. O médio teve um GoalPoint Rating de 8.6, pelo golo que marcou (com outra bola nos ferros), mas sobretudo pelas três assistências, em quatro passes para finalização, e os 95% de eficácia de passe.