Ainda faltam três jogos para o fim do Mundial, mas já não há fase final na História que tenha registado mais golos na sequência de pontapés de canto do que no Rússia 2018. Com o golo de Samuel Umtiti à Bélgica, que colocou a França na final da prova, são já 26 os golos que foram marcados neste certame na sequência de cantos. Um número sem igual desde que começaram a ser registadas as estatísticas da competição, em 1966.

GoalPoint-Cantos-Facto-do-dia-Mundial-2018-1-infog
Clique para ampliar

Este é um número astronómico, tendo em conta que ainda teremos pelo menos mais 270 minutos de bola a rolar nos relvados russos. Se levarmos em linha de conta que a Inglaterra é uma das equipas ainda em prova e os seus golos de bola parada são já oito em 11, não será de espantar se este número subir ainda mais. E ainda há a Croácia, que também já marcou na sequência destes lances.

Mas há outros factos a saírem do jogo do dia:

  • Apenas o Inglaterra – Tunísia (12) registou mais remates na primeira parte que o França – Bélgica (11), neste Mundial.

  • Nove das últimas 12 meias-finais chegaram ao intervalo sem golos.
  • Apenas Harry Kane (6) esteve envolvido em mais golos no Rússia 2018 do que Antoine Griezmann (3 golos, 2 assistências).
  • A França vai jogar a sua terceira final nas últimas seis edições de Mundiais, desde 1998. Nenhuma outra selecção conseguiu chegar ao jogo decisivo tantas vezes no mesmo período (Alemanha duas, Brasil outras duas).

Confira todos os ratings e análise do França – Bélgica neste link!