A Qualificação da Irlanda do Norte

Pela primeira vez e de forma surpreendente, a Norn Iron – nome pelo qual é conhecida a equipa de futebol da Irlanda do Norte – apurou-se para um Europeu de Futebol e logo no primeiro lugar dum grupo de qualificação, com três empates e apenas uma derrota.

O único revés irlandês aconteceu em Bucareste, frente à Roménia, precisamente a equipa que ficou na segunda posição, a apenas um ponto da Irlanda do Norte. A Hungria, também apurada para o Euro 2016 (e adversária de Portugal), ficou a cinco pontos.

Fulcral na qualificação foi a performance de Kyle Lafferty (do Norwich City) com sete golos marcados (44% do total de tentos da selecção). Alguns desses golos foram fundamentais, como foi o caso do tento que deu a vitória em Budapeste, ou o do empate, em casa, também frente à Hungria – facturado aos 93 minutos!

Euro 2016 Preview | Irlanda do Norte
Clique para ampliar

O Historial no Euro

Inexistente. Nunca a Irlanda do Norte participou numa fase final de um Europeu.

No entanto os norte-irlandeses estiveram próximos de marcar presença no Euro 96. Num grupo de apuramento onde Portugal termina como líder, a Irlanda do Norte fica em segundo, em ex-aequo com Irlanda. Contudo, um golo de diferença dá vantagem aos “compatriotas do sul” e afasta a North Iron do playoff e do europeu que iria ter lugar na “vizinha” Inglaterra.

A Equipa

Em 2012, Michael O’Neill foi apontado como novo seleccionador da Irlanda do Norte e no seu primeiro desafio internacional –  apuramento para o Mundial de 2014 – teve resultados promissores. Venceu a Rússia em casa e empatou com Portugal, no Estádio do Dragão, com um golo de Hélder Postiga a evitar derrota lusa perto do final.

Contudo o melhor estava ainda para vir. Considerado um herói nacional pelos norte-irlandeses ao levar a nação ao seu primeiro Europeu, O’Neill teve ainda Jim Wells, um reputado membro do parlamento norte-irlandês, a propor a sua nomeação à Ordem de Cavaleiro!

Destaque na convocatória para a chamada do avançado Will Grigg, que marcou 28 golos (!) na subida do Wigan à League One, tendo até já “furado as redes” no mais recente amigável frente à Bielorrússia. Chris Brunt, médio esquerdo do West Brom que foi dos mais regulares na qualificação, ficou de fora com uma ruptura dos ligamentos cruzados.

Euro 2016 Preview | Irlanda do Norte
Clique para ampliar

A Figura: Jonny Evans

De longe o jogador mais titulado da Irlanda do Norte, que grande “vitrine” tem o defesa-central do West Brom. Formado nas escolas do Manchester United, Jonny Evans foi durante várias épocas presença regular na defesa dos “red devils, somando quase 200 jogos ao serviço do clube inglês.

Entre as várias conquistas constam por exemplo a Liga dos Campeões 07/08 e três Premier League’s, mas o seu percurso de encarnado terminou no fim da época passada, com uma transferência por 8 milhões de Euros para o West Brom.

Foi lá que Jonny Evans saiu da sombra e se afirmou definitivamente como um dos melhores centrais do futebol inglês, estando no topo da lista em variáveis tão decisivas como a média de intercepções p/ 90m (3,2), e a eficácia no jogo aéreo (64%). Será essencial nas ambições da sua selecção.

Aposta GoalPoint: Oliver Norwood

Oliver Norwood
Oliver Norwood, Irlanda do Norte

Norwood foi uma das grandes figuras da campanha norte-irlandesa na qualificação. Oliver é um médio box-to-box formado no Manchester United que foi internacional inglês até ao escalão de sub-17.

Depois de fazer o habitual tirocínio de empréstimos por clubes de escalões inferiores, acabou por ser comprado pelo Huddersfield que, dois anos depois, o vendeu ao Reading onde está a jogar no segundo escalão desde a época passada.

Oli tem um excelente remate de longa distância e é nas bolas paradas que o norte-irlandês tira maior partido do seu pé direito. Na qualificação assistiu os seus colegas por três vezes, sempre na marcação de livres ou cantos, qualidade que teremos oportunidade de apreciar nesta fase final.

É ainda conhecido pela sua capacidade de trabalho, e se confirmar em França tudo o que fez esta época no Championship, muito dificilmente não o veremos na Premier League em 2016/17.

DataJogoHoraCanalEstádio
Dom. 12 JunIRLANDA N. vs Polónia17h00Sport TVStade de Nice
Qui. 16 JunIRLANDA N. vs Ucrânia17h00Sport TVStade Bollaert Delelis, Lens
Ter. 21 JunIRLANDA N. vs Alemanha17h00Sport TVParc des Princes, Paris

 A Irlanda do Norte irá disputar a primeira fase final de uma competição internacional de futebol em 30 anos!

A enorme inexperiência internacional da selecção junto com a reduzida presença dos seus jogadores em ligas e equipas de topo (ou até de meio da tabela) tornam-na, à partida, a equipa mais fraca deste Grupo C (com Alemanha, Ucrânia e Polónia).

“O seu colectivo é maior do que a soma das suas partes”, mas restará à Irlanda do Norte “apontar” a um dos melhores terceiros lugares, para não ser uma das oito equipas que vão para casa mais cedo..