A Qualificação da Polónia

Em segundo lugar no Grupo D de qualificação, a equipa polaca ficou a apenas um ponto atrás da Alemanha e chegou inclusivamente a vencer em casa a selecção campeã do mundo, com dois golos sem resposta (Milik e Mila foram os heróis da noite).

Numa fase de qualificação na qual mostraram um futebol de ataque demolidor os polacos foram a selecção com mais golos marcados em toda a qualificação com um total de 33 tentos (uma média superior a 3 golos por jogo). É obra!

Robert Lewandowski foi a estrela da fase de qualificação, ao facturar 13 golos em 10 jogos! O avançado da Polónia bateu aliás o recorde golos marcados numa fase de qualificação para um Europeu, anteriormente na posse de irlandês David Healy.

Euro 2016 Preview | Polónia
Clique para ampliar

O Historial no Euro

A Polónia está pela terceira vez consecutiva num Campeonato Europeu de Futebol mas até agora nunca conseguiu ganhar um jogo que seja nesta prova.

Em 2012 foram co-organizadores do torneio, a meias com a Ucrânia, mas comprometedores empates frente à Grécia e Rússia e uma derrota contra a República Checa não permitiram a passagem aos “quartos”.

A Polónia e a Ucrânia foram as primeiras selecção organizadoras de um Euro a não passarem sequer da fase de grupos. Quis o destino que se cruzassem agora..no mesmo grupo…

A Equipa

Em 2013 o presidente da federação de futebol da Polónia, Zbigniew Boniek (considerado o melhor jogador polaco de sempre) apontou Adam Nawalka, seu ex-colega de selecção no Mundial 1978, como novo “timoneiro” da equipa polaca em 2013.

Nawalka tem, como únicas conquistas, o Campeonato e a Taça da Liga Polaca em 2001, ao serviço do Wisla, mas os média polacos vêem-no como um perfeccionista e um disciplinador, atribuindo-lhe enorme crédito pela excelente campanha de qualificação.

Lesionado, o extremo Maciej Rybus do Terek Grozny não entra nas contas polacas, mas a grande ausência é mesmo o defesa-central Lukasz Szukaka, que fez quase toda a qualificação como titular, mas que ficou de fora por ter sido pouco utilizado no clube, Osmanlispor, esta época.

Euro 2016 Preview | Polónia
Clique para ampliar

A Figura: Robert Lewandowski

Um dos melhores pontas-de-lança do mundo e melhor marcador da fase de qualificação, Lewandowski é o homem que todos esperam ver fazer a diferença na Polónia.

A sua fantástica relação com o golo fica bem expressa no tempo que precisa para marcar. 67 minutos na selecção e 88 no Bayern, sendo que na selecção apresenta ainda uma taxa de concretização de 33%, ou seja, um golo a cada três remates.

Não há duvidas que, se bem servido, Lewandowski vai facturar, e mesmo que as oportunidades não surjam no volume que os polacos esperam, “Lewa” tem capacidade para as criar através de desequilíbrios individuais e remates de fora da área. Uma boa aposta para melhor marcador do torneio.

Aposta GoalPoint: Arkadiusz Milik

Arkadiusz Milik
Arkadiusz Milik, Polónia

Milik formou com Lewandowski umas das melhores duplas de ataque da qualificação, somando seis golos e seis assistências nos nove jogos em que foi utilizado.

Habitual ponta-de-lança no Ajax (21 golos no campeonato), Milik é obrigado a jogar ligeiramente mais recuado na selecção da Polónia, mas nem por isso o seu registo goleador se ressente. Vendo-o jogar, o que salta mais à vista é o seu potente remate de pé esquerdo, que faz estragos dentro e fora da área e que não deixará de aparecer nos resumos deste Europeu.

Tendo em conta a sua idade (22 anos) e o potencial que demonstra, é difícil de acreditar que foi comprado no Verão passado pelo Ajax ao Leverkusen por apenas 2,8 milhões de Euros, valor que os holandeses esperam ver disparar em flecha durante o Euro. E nós também.

DataJogoHoraCanalEstádio
Dom. 12 JunPOLÓNIA vs Irlanda N.17h00Sport TVStade de Nice
Qui. 16 JunPOLÓNIA vs Alemanha20h00RTP 1Stade de France, St. Denis
Ter. 21 JunPOLÓNIA vs Ucrânia17h00Sport TVStade Vélodrome, Marselha

Um dos jogos mais interessantes para seguir em directo neste Euro é o reencontro da Polónia com a campeã do mundo Alemanha, depois de já a ter defrontado na fase de qualificação (uma vitória para cada lado)

Frente-a-frente verdadeiras máquinas de ataque que contam com dois dos melhores avançados do mundo (Robert Lewandovski e Thomas Muller), ambos no Bayern de Munique e dois principais dos principais candidatos à lista dos melhores marcadores do Euro 2016.

Mesmo uma derrota contra a selecção bávara, não deverá afastar a Polónia de ultrapassar finalmente uma fase de grupo de um Euro, bastando para isso obter resultados positivos frente à Ucrânia e Irlanda do Norte.