A Espanha conquistou pela sétima vez o Europeu de Sub-19, e de forma avassaladora, dominando uma Rússia que se mostrou demasiado passiva para uma final, apesar de ter ganho o confronto entre ambos os conjuntos na fase de grupos.

Momentos de futebol ao mais alto nível puderam ser vislumbrados, com os jovens craques a demonstrarem o porquê da sua presença ao serviço das respectivas selecções. O GoalPoint destaca os que considera mais interessantes de serem seguidos de forma mais atenta.

TALENTO UCRANIANO

Olexandr Zubkov
Olexandr Zubkov

Nome: Olexandr Zubkov
Nacionalidade: Ucraniana
Idade: 18 anos
Posição: Extremo
Clube: Shaktar Donetsk

Zubkov brilhou no corredor direito da selecção ucraniana, na posição de extremo, sempre bem colado à linha e com um futebol muito dinâmico. Demonstrou ter argumentos técnicos muito fortes do ponto de vista do drible e da condução de bola, fazendo diagonais muito perigosas para o seu adversário. É ainda um jogador que tanto consegue ir à linha de fundo cruzar, como atacar a baliza com potentes remates. Joga no Shaktar, onde na última época fez já dez jogos, marcando quatro golos.

 

O HERDEIRO DO TRONO “MERENGUE”

Borja Mayoral
Borja Mayoral

Nome: Borja Mayoral
Nacionalidade: Espanhol
Idade: 18 anos
Posição: Ponta-de-lança
Clube: Real Madrid

Mayoral foi o melhor marcador desta competição, com três golos. É um avançado inteligente, muito móvel e procura sempre os melhores espaços para atacar a área adversária. Tem um óptimo sentido de baliza, ao que junta uma finalização de topo, sendo um avançado mortífero. Joga já no colosso Real Madrid, onde cresceu na senda de Raúl e Morientes. Este pode ser um atacante a considerar nos próximos anos, e um empréstimo a um clube de primeira Liga podia ser essencial para o seu crescimento e maturação.

> PRÓXIMA PÁGINA: ESTRELA FRANCESA