O Sp. Braga está a realizar uma boa temporada de 2017/18, tanto internamente como a nível internacional. Na Liga NOS é quarto classificado, a apenas dois pontos do Benfica e a cinco do líder FC Porto. Na Liga Europa qualificou-se para os 16 avos-de-final como primeiro classificado do seu grupo.

A boa campanha minhota terá muitos responsáveis, à cabeça o bom trabalho do treinador Abel Ferreira e da sua política de rotatividade. Talvez por causa dessa mesma política há um jogador que se tem destacado sobremaneira, pela qualidade técnica e desequilíbrios ofensivos que provoca, sobretudo quando sai do banco de suplentes: Fábio Martins. Senão vejamos.

[vc_table vc_table_theme=”classic”][bg#000000;c#ffffff]F%C3%A1bio%20Martins%20na%20Liga%20NOS%2017%2F18%20(%C3%A0%2013%C2%AAJ),[bg#000000;c#ffffff;align-center]Total,[bg#000000;c#ffffff;align-center]Suplente%20utilizado|Jogos,[align-center]12,[align-center]6|Golos,[align-center]2,[align-center]1|Assist%C3%AAncias,[align-center]4,[b;align-center;bg#ead920]4|Ocasi%C3%B5es%20flagrantes%20criadas,[align-center]4,[align-center]2|Golos%20%2B%20assist%C3%AAncias,[align-center]6,[align-center]5|Golos%20%2B%20assists.%20p%2F90m,[align-center]0%2C8,[b;align-center;bg#ead920]2%2C9|Minutos,[align-center]640,[align-center]153|%25%20Peso%20ofensivo%20na%20equipa,[align-center]13%25,[align-center]11%25|Pontos%20garantidos,[align-center]0,[b;align-center]7[/vc_table]

Fonte: GoalPoint / Opta

O extremo-esquerdo soma 12 jogos na Liga NOS esta temporada pelos “guerreiros”, e regista um total de dois golos e quatro assistências. Acontece que um dos golos e a totalidade das assistências aconteceram quando foi lançado em campo no segundo tempo. Leu bem. Dos 640 minutos que o jogador português soma no campeonato, 153 foram na condição de suplente utilizado, e só precisou desses parcos minutos para estar envolvido directamente em cinco golos da sua equipa (2,9 acções decisivas a cada 90 minutos enquanto suplente utilizado), um peso ofensivo de 11% (o Braga soma 25 golos e 20 assistências).

Mas há mais. O golo que marcou como titular foi numa vitória por 6-0 em casa ante o Estoril Praia, pelo que não foi um tento decisivo para o resultado final em termos de atribuição de pontos. Porém, o tento e as quatro assistências como suplente trouxeram à equipa bracarense nada menos que sete pontos:

  • O golo como suplente deu o triunfo ao Braga por 1-0 em Moreira de Cónegos, na nona jornada – três pontos.
  • A assistência no jogo em casa ante o Portimonense, da segunda jornada, garantiu uma vitória por 2-1 – três pontos.
  • Na 11ª jornada, uma assistência sua permitiu a Danilo Barbosa fazer o 2-1 em casa do Sporting, jogo que terminou empatado 2-2 – um ponto.
  • As duas assistências que fez, ao saltar do banco do triunfo minhoto em casa por 3-0 ante o Paços de Ferreira, avolumaram o marcador mas não foram decisivos para a conquista dos três pontos.
GoalPoint-Moreirense-Braga-LIGA-NOS-201718-MVP
O jogo desta época em que Fábio Martins foi MVP (clique para ampliar)

É caso para dizer que Fábio Martins é uma “arma secreta” de Abel Ferreira, mas daquelas que resulta e faz mesmo estragos.