Felipe ou Militão, quem foi o melhor “dragão”?

-

O anúncio de Felipe como MVP GoalPoint Ratings da estreia “azul-e-branca” na Champions League gerou controvérsia entre os seguidores, uma ocorrência comum quando o que dita a estatística não coincide com a visão de alguns adeptos sobre o jogo. Estas são excelentes oportunidades para explicarmos melhor o nosso trabalho e as particularidades resultantes de olhar o jogo com os números à frente.

A maioria dos adeptos surpreendidos apontaram Éder Militão como o jogador que havia justificado maior destaque, aos seus olhos. O conterrâneo e colega de Felipe, no Porto e na “canarinha”, fez de facto um jogo positivo, e isso foi também reconhecido pelo nosso algoritmo, mas existem ainda assim diferenças que ajudam a perceber o porquê de não ter batido o colega. Mas antes de as abordarmos eis os destaques de ambos, na partida frente ao Schalke.

Antes mesmo de complementarmos estas imagens com mais informação impõe-se uma nota que relembramos vezes sem conta: as variáveis destacadas nestas infografias são apenas um resumo (muito resumido) do desempenho completo do jogador, contendo apenas os itens de desempenho que consideramos merecedores de destaque na contextualização do rating atribuído. São (mesmo) muito mais as variáveis contempladas no cálculo, bem como as suas nuances, desde a tipologia de um remate ou golo à zona do terreno onde se completa ou falha um passe. Conclusão: há sempre muito mais informação por detrás daquele rating do que a que resumimos para lhe oferecer.

Regressando a Felipe e Militão existem mais diferenças que nos ajudam a compreender o destaque de Felipe na partida:

  • Completou mais passes que Militão (47 > 42)
  • Venceu e disputou mais duelos aéreos defensivos (7/10 > 5/8) e ofensivos (2/5 > 1/5)
  • Recuperou mais do dobro de posses de bola (10 > 4)
  • Somou 20 acções defensivas, com destaque para seis intercepções e três remates bloqueados, contra 13 de Militão (nenhuma delas bloqueios a remates germânicos)
  • Por fim, Felipe somou ainda um remate, numa ocasião flagrante falhada mais por mérito de Fahrmann do que por demérito do central, que podia ter dado os três pontos aos “dragões”

Relembrando que todo o nosso trabalho deve ser encarado como um complemento e não como um substituto de outras formas de analisar o jogo, fechamos ainda assim esta oportunidade de esclarecimento com a pergunta: ainda sobram dúvidas sobre quem somou a melhor produção da noite, naquilo que é quantificável à luz dos dados de desempenho mensuráveis? É que afinal é “apenas” isso que nos propomos trabalhar, desde 2014 logo… “keep calm” e confie no GoalPoint, por alguma razão completámos quatro anos de existência a fazer o que mais ninguém faz em Portugal.

🔗 Confira também a análise e ratings completos do Schalke 1-1 FC Porto

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.