A 16ª edição do Mundial de Clubes chega a sua 16ª edição em 2019 e a FIFA já divulgou o calendário.

Pela primeira vez a competição será realizada no Catar e os jogos ocorrerão entre os dias 11 e 21 de dezembro.

O campeão Europeu Liverpool tem vaga assegurada, após a conquista da sua sexta Champions League, com uma vitória de 2 a 0 sobre o Tottenham em Madrid, título que coloca os “reds” como o terceiro clube com mais conquistas na competição, atrás apenas de Real Madrid e Milan.

Quem também já garantiu uma vaga foi o Monterrey do México, ao conquistar a Liga dos Campeões da CONCACAF pela quarta vez, desta feita frente ao rival Tigres e marcar presença como representante da América Central/Norte no Mundial de Clubes 2019.

O terceiro clube a reservar vaga foi o Hienghène, ao vencer o Magenta na disputa da Champions League da Oceânia, na primeira vez em que dois clubes da Nova Caledónia atingiram a decisão da prova. O Hienghène Sport levou a melhor, com uma vitória por 1 – 0, num golo do meio campo que apanhou o guardião adversário de surpresa.

O Al-Sadd do Catar é uma das equipas muito próximas de confirmar uma vaga, neste caso como representante do país-sede, o Catar e só a perderá caso a Liga dos Campeões asiática 2019 seja conquistada por outro emblema caterense.

As outras duas vagas serão ocupadas pelos campeões da Libertadores (América do Sul) e da Liga dos Campeões africana.

Se já tem as suas apostas a Estoril Sol Casinos oferece descontos incríveis!

O futuro da prova

As edições 2019 e 2020 do Mundial de Clubes terão lugar no Catar, ambas no final dos respectivos anos civis, uma decisão tomada durante a reunião do conselho da FIFA, em Paris. O formato actual conta com edições anuais disputadas por sete clubes e irá manter-se até 2020. A partir de 2021 chegam algumas mudanças importantes, com o aumento para 24 clubes participantes e com torneios disputados de quatro em quatro anos.

O formato actual vinha sendo alvo de críticas, inclusive dentro da própria FIFA, sendo que já se previa a introdução de alterações como uma das prioridades da actual gestão do organismo.

A FIFA ainda não anunciou como será a divisão de vagas por continente no futuro, mas a CONMEBOL já reivindicou seis vagas para aceitar a proposta de alteração e tudo indica que essa reivindicação venha a ser aprovada. Os critérios de apuramento também não foram ainda definidos ou pelo menos divulgados publicamente.

O novo formato prevê ainda uma primeira fase, com oito grupos compostos por três clubes, com o melhor classificado a avançar para os quartos-de-final.

Do outro lado da moeda, os principais clubes europeus anunciam que não irão participar no novo Mundial de Clubes em 2021 e irão considerar a participação em 2021, com a UEFA e a ECA (Associação Europeia de Clubes) a defenderem que o calendário internacional não permite a realização da prova em 2021 e pedindo a sua revisão.

O calendário da edição 2019

Regressando à próxima edição, eis o calendário do Mundial de Clubes 2019:

Primeira fase:

11.Dez – Jogo 1 – Al Sadd (Catar – a confirmar) x Hienghène Sport (Nova Caledônia)

Segunda fase:

14.Dez – Jogo 2 – Equipa A x Equipa B (a definir)
14.Dez – Jogo 3 – Equipa C x Equipa D (a definir)

Disputa do quinto lugar:

17.Dez – Jogo 4 – Derrotado Jogo 2 x Derrotado Jogo 3

Meias-finais:

17.Dez – Jogo 5 – Campeão da Libertadores x Vencedor Jogo 2 ou Vencedor Jogo 3
18.Dez – Jogo 6 – Vencedor Jogo 2 ou Vencedor Jogo 3 x Liverpool

Disputa do terceiro lugar:

21.Dez – Jogo 7 – Derrotado Jogo 5 x Derrotado Jogo 6

Final:

21.Dez – Jogo 8 – Vencedor Jogo 5 x Vencedor Jogo 6