Filip Djuricic: Craque ou “flop”?

O futebol mundial está repleto de histórias de jovens promissores que acabaram no esquecimento e no Estádio da Luz mora um sérvio que tarda em justificar a aposta.

Cruyff” ou “Kaká” dos Balcãs. Os dois epítetos foram usados na Sérvia e na Holanda para descrever o promissor talento de Filip Djuricic. Na Holanda despertou o interesse de clubes como o Manchester United, a Juventus e o Dortmund. Foi o Benfica que o contratou, mas um ano depois de uma transferência do Heerenveen para a Luz, o jovem de 22 anos tarda em justificar a aposta.

As façanhas do então médio do Estrela Vermelha de Belgrado e do Radnicki Obrenovac levaram-no, aos 15 anos, a testes no Olympiacos e, aos 17, chegou a prestar provas no United de Alex Ferguson. Chegou a convencer o clube inglês a contratá-lo, embora, segundo as notícias, questões burocráticas impediram a mudança. Esta surgiu em 2009/10, para a Holanda, com o agora colega de equipa Sulejmani a aconselhá-lo ao Heerenveen.

(foto: João Trindade / Infografia: GoalPoint)

Adaptação lenta

Após uma primeira temporada difícil, em 2011/12 “explodiu”, a jogar num sistema de 4-2-3-1. Excelente a transportar a bola de trás para a frente, como médio-centro ofensivo ou extremo-esquerdo, a fintar em velocidade e a assistir com passes rasgados, Djuricic fez 26 tentos e 28 passes para golo em 111 partidas pelo clube da Eredivisie. O Benfica antecipou-se a outros emblemas e adquiriu o sérvio por seis milhões de euros, mas a época de estreia em Portugal não convenceu.

“Acreditamos muito nele”, disse Jorge Jesus na apresentação do jogador, mas a verdade dos números é mais sombria. Vinte e dois jogos, dois golos e duas assistências não parecem números dignos de um “Cruyff” ou de um “Kaká”, nem perto disso, mas é sabido que Djuricic demora a adaptar-se a novas realidades, como aconteceu na Holanda. “Djuricic não é um Aimar, é um Saviola”, explicou Jesus a meio da época. Poderá ou não estar nesta ideia, no seu posicionamento em campo, o segredo para desbloquear o talento. Ou então as expectativas eram demasiado elevadas.

(foto: João Trindade / Infografia: GoalPoint)

Considera que Filip Djuricic irá cumprir as elevadas expectativas sobre ele depositadas aquando da sua chegada ao Benfica? Porque razão tarda em singrar no clube da Luz? Deixe-nos a sua opinião.